Convênio do Incra deve recuperar estradas

A Superintendência Regional do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) assinou, na última segunda-feira, 26, convênio com o governo do Estado do Amazonas, através da Sepror (Secretaria de Produção Rural), que beneficiará três assentamentos tradicionais de reforma agrária, no valor de mais de R$ 4,9 milhões para a abertura e recuperação de estradas vicinais. O documento foi assinado no auditório da Ufam (Universidade Federal do Amazonas), durante a realização do 2º Encontro de Trabalhadores na Agricultura Familiar do Amazonas.
Do recurso total do acordo (R$ 4.923.436,05), R$ 4.431.092,44 serão repassados pelo Incra. O restante, R$ 492.343,61, serão a contra-partida do governo estadual, que também será responsável pela execução dos serviços de recuperação das estradas. Os assentamentos beneficiados são Santo Antonio, Água Branca e Iporá.
Para a superintendente regional da autarquia, Maria do Socorro Marques Feitosa, o convênio é de grande importância para a melhoria de vida dos assentados. Socorro lembra que outro fator positivo é que as estradas vicinais nos projetos de reforma agrária são perfeitamente incorporadas ao sistema de transporte da região, contribuindo em muito para o escoamento da produção e a própria locomoção dos assentados e seus familiares dentro dos assentamentos.
Socorro classifica o trabalho como desafiador e ressaltou os cuidados ambientais que deverão ser tomados durante as obras. A superintendente também falou da boa parceria estabelecida com o governo do estado através da Sepror, deixando claro que outros trabalhos conjuntos poderão ser realizados no futuro, além de ter apontado outros investimentos que o Incra vem fazendo no Estado através de outros órgãos e ações, beirando a casa dos R$ 80 milhões.
O secretário da Sepror, Eron Bezerra, signatário do convênio, também ressaltou a boa parceria estabelecida com o Incra e falou da importância da abertura de estradas e recuperação de vicinais. “Ninguém pode produzir, sem ter os mecanismos para o escoamento da produção e esse mecanismo começa exatamente com as vicinais”, reafirmou Bezerra.

Sepror lança programa ‘Cultura no Campo’

A noite da última terça-feira, 27, foi especial para os 800 agricultores que estão participando do 2º Etaf (Encontro dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Amazonas), organizado pela Sepror. Como parte da programação do encontro, eles participaram, no Teatro do Amazonas, do lançamento do livro “Contos, causos e poemas do campo amazonense”, do CD “Músicas do Campo” e a apresentação da peça “As aventuras de um extensionista na ilha da paciência”.
A peça, de autoria de Bosco das Letras, é uma adaptação da obra “O Extensionista”, do mexicano Felipe Santander, e aborda a história de um engenheiro agrônomo em atividade da Extensão Rural no interior, ajudando pequenos produtores rurais a se defenderem da ação de grileiros.
Para compor o livro e o CD, a Sepror realizou uma seleção para escolher os trabalhos mais representativos.

Agricultores avaliam 2º Etaf como positivo

Na abertura do 2º Etaf, no minicampus da Ufam, a Sepror reuniu 800 agricultores de todo o Estado que tiveram a oportunidade de discutir a política de desenvolvimento do setor primário e propor novas diretrizes.
Participando pela primeira vez no Etaf, a agricultora Ivaneide Soares Frota, da comunidade Berê no Ramal do Brasileirinho, veio buscar mais informações sobre financiamentos e melhores maneiras de escoar sua produção pelos ramais. “Preciso de alguns recursos para produzir mais e melhor. A Luz para Todos também é um dos grandes problemas na nossa comunidade. Além disso, os ramais precisam ser melhorados para facilitar a chegada do produto até o consumidor”, disse Ivaneide.
“Temos disposição para plantar, mas a falta de roçadeiras e tratores impedem que nossa produção seja maior”, afirmou José Raimundo de Macedo, produtor de melancia, mandioca e banana em São Sebastião do Uatumã.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email