10 de abril de 2021

Consumidor americano mostra mais otimismo sobre a economia em agosto

A tradicional sondagem da Universidade de Michigan mostrou que consumidor dos EUA ficou um pouco mais otimista em relação à economia entre os meses de julho e agosto

A tradicional sondagem da Universidade de Michigan mostrou que consumidor dos EUA ficou um pouco mais otimista em relação à economia entre os meses de julho e agosto.
A pesquisa de Michigan teve uma leitura de 68,9 pontos no mês passado, ante um resultado de 67,8 pontos em julho.
Em agosto do ano passado, a mesma sondagem havia apontado um patamar de 65,7 pontos.
O número é preliminar e ainda deve sofrer mais uma revisão.
Além do grau de confiança no estado atual da economia, a Universidade de Michigan também procura medir como o consumidor percebe suas próprias condições financeiras, bem como suas expectativas para o futuro próximo.
A sondagem de agosto apontou que o trabalhador dos EUA está mais confiante nos dois aspectos.
O chamado Índice das Condições Atuais passou de 76,5 para 78,3 pontos entre julho e agosto, e ficou bem acima 66,6 pontos medidos em agosto do ano passado.
Já o Índice das Expectativas dos Consumidores teve uma leitura de 62,9 pontos no mês passado, ante 62,3 em julho, mas abaixo dos 65 pontos medidos em agosto de 2009.
Na visão dos responsáveis pela pesquisa, o nível geral de confiança dos consumidores permaneceu bastante firme em agosto.
“Os consumidores não entraram em pânico diante da desaceleração do crescimento econômico, e do barulho da mídia em torno do risco de um “double-dip” [recaída na recessão]. A má notícia é que os consumidores contam com um enfraquecimento da renda e do nível de emprego por um extenso período de tempo”, avalia a equipe de analistas, em seu relatório divulgado esta semana.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email