Congresso aprovarecursos para Copa de 2014 e Olimpíadas

O Congresso Nacional aprovou a destinação de R$ 554,4 milhões em créditos especiais para a preparação e organização da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Os recursos serão destinados ao Ministério dos Esportes para custear ações diversas. A maior parte (R$ 349 milhões) será usada na implantação da infraestrutura para os Jogos Olímpicos, que ainda contarão com R$ 130 milhões para a preparação e organização do evento.
Estão previstos ainda R$ 48 milhões para a gestão e administração da APO (Autoridade Pública Olímpica), consórcio público criado para coordenar a participação da União e do estado e do município do Rio de Janeiro na preparação e realização da Olimpíadas de 2016. Outros R$ 10 milhões foram destinados à constituição do capital inicial da Empresa Brasileira de Legado Esportivo S.A – Brasil 2016, que ficará responsável pela elaboração e revisão de estudos e projetos, bem como a execução de obras e serviços constantes da Carteira de Projetos Olímpicos.
Para a coordenação do processo de preparação do país para a realização da Copa do Mundo de 2014, no que se refere às despesas decorrentes do cumprimento das responsabilidades assumidas pelo governo federal, foram aprovados R$ 17,4 milhões.
Ao elogiar a aprovação dos créditos, o vice-líder do governo no Congresso, deputado Gilmar Machado (PT/MG), afirmou que os recursos vão proporcionar “uma grande Copa do Mundo em 2014 assim como também Jogos Olímpicos de 2016”.
Já o deputado Rogério Marinho (PSDB/RN) lamentou o fato de os recursos para os dois eventos esportivos não estarem previstos no Plano Plurianual e nos gastos futuros do governo. “O governo precisa refinar a execução orçamentária do país”, criticou o deputado.
O Congresso também aprovou, esta semana, proposta que amplia a estimativa da receita e da despesa da União para o exercício financeiro de 2010, para compatibilizar a necessidade de preenchimento de mais 6.599 cargos para vários órgãos públicos, aumentando de 25.148 para 31.747 o número total estimado para o ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email