Confiança do consumidor registra alta de 2% em maio, aponta FGV

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) apurado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) teve alta de 2% entre abril e maio de 2008, ao passar de 112,4 para 114,6 pontos. Na comparação com o mesmo mês de 2007, o ICC apresentou alta de 5,6%.
Segundo a FGV, tanto as avaliações sobre a situação atual como as expectativas em relação aos próximos meses cresceram, compensando o recuo na confiança observada no mês anterior. Entre abril e maio, o ISA (Índice da Situação Atual) avançou 2,6% e o IE (Índice de Expectativas), 1,6%.
No mês de maio, a avaliação feita pelos consumidores a respeito da situação econômica da cidade em que residem melhorou: a parcela dos que a consideram boa aumentou de 15,5% para 19%; já os que avaliam a situação como ruim também subiu, mas em um ritmo menor -de 29,8% para 30,6%.
A parcela dos consumidores que esperam uma melhora na situação econô-mica nos próximos seis meses aumentou de 22% para 24,2%; já a dos que vêem uma piora diminuiu, de 11,4% para 11,3%.
A Sondagem de Expectativas do Consumidor é realizada com base em uma amostra de mais de 2.000 domicílios em sete das principais capitais do país. A coleta de dados para a edição de maio foi realizada entre os dias 2 e 21 deste mês.

Alimentos e crédito

O aumento dos preços dos alimentos e da taxa de juros, que encarece os financiamentos, já interfere no humor dos paulistanos, segundo pesquisa da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo). O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) caiu 1% em maio ante abril, para 147,6 pontos. Trata-se da primeira variação negativa após oito meses de altas.
Já em comparação com maio do ano passado, o índice registrou alta de 16,2%. O ICC varia de zero a 200, sendo que abaixo de cem pontos aponta pessimismo e acima desse patamar, otimismo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email