Começa temporada de pesca em Manaquiri

Pelo menos 150 toneladas de mapará (peixe de couro) devem ser capturados nos primeiros dias pelos pescadores no lago do Janauacá, no município de Manaquiri, nos primeiros dias após o término do período do defeso 2008/2009, encerrado ontem

Pelo menos 150 toneladas de mapará (peixe de couro) devem ser capturados nos primeiros dias pelos pescadores no lago do Janauacá, no município de Manaquiri, nos primeiros dias após o término do período do defeso 2008/2009, encerrado ontem. A pesca do mapará é uma tradição na região, feita com ordenamento ambiental.
A largada da temporada de pesca envolve 1.200 pescadores cadastrados pela colônia de pesca. Até o fim da temporada mais de 250 toneladas serão despescadas na área manejada, que engloba 13 comunidades.
Numa cerimônia especial e tradicional os pescadores se reuniram às 6h, num ponto central do Lago Grande do Janauacá, na comunidade do Tilheiro (Manaquiri) e com as presenças de lideranças comunitárias, colônia de pescadores, prefeito e vereadores de Manaquiri. Depois de dada a largada, começou a grande pesca coletiva, e num período de pouco mais de quatro horas as redes são lançadas e recolhidas dezenas de toneladas somente no primeiro dia neste início de temporada.
A colônia de pescadores fez um acordo com as indústrias de pescado de Iranduba e Manacapuru para garantir um preço mínimo e evitar a depreciação no pico da produção que acontece neste período. A comissão da Colônia de Pescadores de Manaquiri Z-51 fechou o preço de R$ 1,30 o quilo, sendo que os pescadores no lago ganham R$ 1 por quilo vendido aos armadores.
Estiveram presentes ao evento comunitário, o prefeito de Manaquiri, Jair Souto, vereadores e secretários que confirmaram a expectativa positiva quanto ao aumento da produção deste ano, devido as ações que foram implementadas durante o defeso pela secretaria de meio ambiente junto com a colônia de pescadores e lideranças comunitárias. “As famílias já entenderam que o ordenamento foi a melhor solução para a pesca do lugar que sempre teve muito conflito”, afirmou Souto, que coordenou o acordo de pesca da região há três anos.
O objetivo agora será a implantação de uma pequena indústria para processar esse pescado e gerar mais emprego e renda para as comunidades envolvidas na atividade. Segundo o prefeito os recursos estão sendo buscados junto aos governos federal e do Estado, totalizando R$ 600 mil. “Queremos agregar mais valor a esta verdadeira riqueza e aproveitar melhor os subprodutos desta espécie com a produção de salame de peixe, farinha e ração, para aproveitarmos aqui mesmo no município e Estado como na merenda escolar”, enfatizou.
Segundo o gerente do escritório do Idam (Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Amazonas) de Manaquiri, Luiz Alberto Platini, a boa produção deste início de temporada é um indicativo positivo do resultado do ordenamento da pesca no Janauacá. O crescimento é expressivo, pois no início da temporada em 2007 a produção foi de 70 toneladas, e em 2008 passou para mais de 150 toneladas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email