Colômbia investe no turismo para descolar sua imagem das Farc

Colômbia das Farc, dos sequestros e do narcotráfico. Essas são as imagens que vêm à cabeça quando pensamos nesse país que faz fronteira com o Brasil. Apesar de seu tradicional café ter ficado famoso no mundo todo e figuras notáveis como o prêmio Nobel Gabriel García Márquez e a cantora pop Shakira serem de lá, o que está no imaginário coletivo quando se fala em Colômbia é o persistente conflito armado nacional. A riqueza histórica e cultural, as praias, a comida tradicional, a música e os diferentes ecossistemas que o país abriga nos mais de 50 parques nacionais acabam se perdendo nas notícias sobre a violência.
Com o intuito de resgatar esses trunfos e mudar a imagem do país para o mundo, o governo colombiano desenvolveu a campanha “Colombia Es Pasión” (Colômbia É Paixão), cujo logotipo é um coração e que pretende, entre outras coisas, incentivar o turismo e desenvolver um sentimento nacionalista entre os colombianos. “El riesgo es que te quieras quedar” (em português, “o perigo é você querer ficar”) é a frase gravada em boa parte do material promocional.
“O objetivo dessas ações é mostrar para o mundo o melhor do país e fazer com que todas as pessoas conheçam o que a Colômbia é de verdade”, disse Saul Cardozo, do setor de capacitação e divulgação do programa Colômbia Es Pa­sión. As mudanças acontecem lentamente e, eventualmente, enfrentam momentos de crise, como a recente morte do líder número dois das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia –as Farc– em território equatoriano, que reativou as discussões internacionais sobre grupos guerrilheiros colombianos e reforçou ainda mais a impressão de “risco” ligada ao país.
Mas quem acha inevitável encontrar somente violência e perigo em território colombiano pode se surpreender com a hospitalidade do povo. “Con mucho gusto”, maneira simpática de dizer “de nada” em espanhol, é a frase que o turista irá escutar com fre­quência nas ruas e avenidas da capital, Bogotá.

Colaboração
policial

O governo colombiano trabalha há mais de dois anos na criação de programas de incentivo ao turismo e já promoveu capacitações de profissionais do setor. Em 2007, o país recebeu 31,7% mais brasileiros que no ano anterior. Esse resultado está diretamente ligado ao crescimento das relações comerciais com o país, já que negócio é o principal motivo de atração de estrangeiros, principalmente na capital.

Pontos atrativos do país são enfatizados

O povo “chevere” –gíria colombiana para “bacana”–, a riqueza do café e da comida e a variedade de atrativos que o país tem são os elementos que o governo busca enfatizar com a interessante iniciativa de criação de um barco, o navio ARC Gloria, que leva estampada em sua vela a mensagem da campanha e um pedacinho da Colômbia para o mundo ver.
O Buque Gloria –como é conhecido– tem um peso simbólico importante para o país. Esteve três vezes na Europa e já atracou em alguns dos principais portos das Américas do Norte e do Sul. Aqui no Brasil esteve em Fortaleza, no Rio de Janeiro e em Salvador, entre agosto e outubro de 2007.
De acordo com Saul Cardozo,­ “os tripulantes do barco foram capacitados para atuar como embaixadores da mensagem da Colômbia”. O Buque Gloria leva em seu interior uma amostra dos tipos de atrações que podem ser encontrados no país e é aberto periodicamente à visitação. Nesse momento, o barco está em Cartagena preparando-se para ir até Porto Rico, na América Central.
A Colômbia é o 31º maior país do mundo e, segundo dados do IBGE, atualmente conta com uma população de cerca de 46 milhões de habitantes. O país abrange uma área de 1.140.000 km², quase o tamanho do Pará, segundo maior Estado brasileiro, e tem todos os tipos de clima para oferecer para os turistas.
Os três principais produtos exportados pelo país são o diamante, as flores e, obviamente, o café. Os destinos mais populares e que receberam o maior número de turistas no ano passado, segundo relatório consolidado pela Proexport, órgão governamental

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email