Codam aprova investimentos de R$4,5 bi para o PIM nos próximos três anos

O PIM (Polo Industrial de Manaus) deverá receber, nos próximos três anos, investimentos estimados em R$4,5 bilhões, com geração de quase três mil postos de trabalho. O número é resultante das aprovações de 89 projetos pautados no Codam (Conselho de Desenvolvimento do Amazonas) durante o primeiro semestre deste ano. Nesta terça-feira (4), o conselho realizou a 268a reunião com a aprovação de 29 projetos de empreendimentos para o polo industrial.

A reunião teve como destaque os investimentos da Carrier Midea, que pretende diversificar seus produtos e passará a produzir ar-condicionados split, com investimento de R$ 304 milhões e geração de 336 empregos diretos e para a Ardagh Indústria de Embalagens, que vai investir R$ 249 milhões com geração de 89 empregos, além da BYD Indústria de Baterias, que irá fabricar peças para carros elétricos, com investimento de R$ 144 milhões e criar 26 empregos.

O titular da Seplan (Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico), José Jorge do Nascimento Júnior, comenta que comparado a abril e maio de 2017, houve uma queda de apenas 0,04% no número de empregados, mas um aumento de arrecadação de 13,6%. O faturamento do PIM entre janeiro e maio teve um saldo de U$ 9,9 bilhões (32,67 bilhões de reais).

“Mesmo com todas as dificuldades, o Polo Industrial de Manaus continua sendo um porto seguro para investimentos”, afirmou o secretário.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email