Chegou a temporada dos TIs

Nilson Pimentel

TI ou Trabalho Interdisciplinar -que no discorrer desse texto será tratado- é uma atividade acadêmica desenvolvida na Unilasalle-Manaus. Contudo, vamos explanar a estratégia de gestão de grupos de acadêmicos em trabalhos nos TIs.
Como todos os professores da instituição devem ser orientadores de grupos de trabalhos, em cada semestre temos novos acadêmicos como orientandos, o que nos leva sempre a prática de uma estratégica de ação em busca de melhores resultados.
Vimos de tudo, na forma de atuação dos diversos e heterogêneos grupos de acadêmicos em trabalhos intelectuais de pesquisas, o que se caracteriza como uma atuação orgânica. Isto é, a competência, o conhecimento, o interesse como motivação e o comprometimento com os resultados são fatores que determinam o sucesso dos trabalhos de TIs.
Existem grupos em que tinham tudo para realizar excelente TI, passando por aqueles em menos se espera. Contudo, os resultados são surpreendentes ou até decepcionantes.
É importante ter por fundamento a orientação acadêmica, no acompanhamento e desenvolvimento dos trabalhos, assim como, a organização interna e a rotina de atividades de cada grupo, na qual a atuação firme do professor é decisiva para os resultados esperados de cada TI realizado.

Apresentamos alguns fatores que caracterizam estratégia sobre gestão dos grupos de TIs:

Amigos não compõem os melhores grupos de trabalho – percebe-se que os grupos formados por amigos, o comprometimento com o desenvolvimento da pesquisa para o TI, padece de relaxamento e postergação, exacerbando o desconforto geral chegando até a interpretação como algo pessoal. Assim exposto, o desenvolvimento do trabalho e seus objetivos vão ficando de lado, no segundo plano, gerando o conflito até que determinado membro tome para si a responsabilidade da execução total e final do TI.

Grupos formados por acadêmicos distintos possuem habilidades inter-complementares – quando não há cumplicidade, intimidade entre as pessoas do grupo, observa-se maior grau comprometimento, cobrança e atitudes profissionais. O fator de maior relevância, decorrentes das habilidades distintas é o grau de responsabilidade e atividades específicas assumidas entre seus membros, minimizando atritos, desgastes desnecessários, em face da divisão das tarefas de cada um.

Acadêmicos com maior grau de maturidade formam grupo de equilíbrio – mesmo em grupos de ‘amigos’ e de habilidades distintas, o fator maturidade pode ser utilizado como convergente para o bom senso e auto-conhecimento entre pessoas equilibradas, levando à imposição da conduta racional, lógica sobre as questões emocionais. O alcance dos objetivos é a meta predominante, mas não quer dizer que sejam ‘frias’ constantemente, no tempo de discussão, … discussão. Esse procedimento de equilíbrio, como preocupação de cada membro é o que leva aos resultados alcançados.

Grupos com planejamento flexível – como o TI requer planejamento na concepção de sua estrutura de elaboração, a conduta dos membros deverá ser de autocrítica das atividades desenvolvidas e executadas. Com a adoção dessa ferramenta de gestão, o grupo procura manter o foco sobre o Tema do TI, induzindo à capacidade de retornar ao caminho principal, evitando desvios e perca de tempo. Entretanto, nada se torna fácil nas atividades do grupo, requerendo um comando de consenso, firme e constante, com a visão pré-estabelecida da gestão da atividade.

Grupos com alta visão – são formados por acadêmicos que buscam sempre a alta performance, isto é, nota máxima. Como seus membros perseguem o resultado máximo, torna-se necessário o exercício da liderança compartilhada, consensual informalmente. Com essa estratégia acontece o ‘brainstorm’ espontâneo, o comprometimento e a vontade de participação efetiva na busca do ideal maior. Resulta na explosão inteligente das expiteses de cada membro na certeza da qualidade do seu TI.

No des

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email