Cartilha para usar benefícios de leis

Atualmente muitas empresas investem em projetos sociais, culturais, educacionais e de saúde amparadas pelas leis de incentivo do país, que abatem do imposto de renda valores que chegam a 100% para determinadas ações. Mesmo em vigor há mais de 20 anos, ainda existem dúvidas por parte das empresas privadas sobre qual lei utilizar para captar recursos. É comum surgirem entraves que, às vezes, confundem na hora de escolher qual projeto apoiar. Pensando nisso, a Interfarma – Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa – lança a versão digital a Cartilha sobre uso de incentivos fiscais.
“Com os esclarecimentos e informações desta publicação, acreditamos que os investimentos por meio das leis de incentivo fiscais possam crescer nos próximos anos, em todos os setores. Apenas como parâmetro, trinta das 53 associadas da Interfarma participantes do nosso relatório de Responsabilidade Social 2013 investiram no ano de 2012 mais de R$ 42,5 milhões em ações sociais no Brasil. Cerca de R$ 34,8 milhões saíram dos caixas das empresas e outros R$ 7,7 milhões foram direcionados a projetos inscritos em lei de incentivo fiscal”, explica Maria José Delgado, diretora de Inovação e Responsabilidade Social da Interfarma.
Na publicação são esclarecidas todas as leis (federais, estaduais e municipais) em vigor atualmente. Os tipos de projetos que podem ser inscritos e qual o prazo para as empresas darem entrada na captação de recursos merecem destaque. Outras informações pertinentes, que vão desde a análise do projeto até os documentos necessários e específicos para cada lei, complementam a cartilha.
Exemplos de projetos apoiados pelas indústrias farmacêuticas e o relato das experiências mostram como cada empresa pode se comunicar e financiar causas que tenham a ver com a identidade da sua marca. Música nos hospitais, atividades no GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) e ações com a Fundação Dorina Nowill são alguns dos casos de patrocínio das empresas amparadas pelas leis de incentivo fiscal.
Ao final da cartilha uma lista com os nomes das instituições que aceitam recursos por leis de incentivo e sites auxilia na consulta sobre o assunto. Para conhecer a publicação, basta acessar o link: http://www.interfarma.org.br/biblioteca.php.

Sobre a Interfarma

Fundada em 1990, a Interfarma possui atualmente 53 empresas associadas. Hoje, esses laboratórios são responsáveis pela venda, no canal farmácia, de 79% dos medicamentos de referência do mercado e também por 38% dos genéricos produzidos por empresas que passaram a ser controladas pelos laboratórios associados. Além disso, as empresas associadas respondem por 47% da produção dos MIPs (medicamentos isentos de prescrição) do mercado brasileiro e por 55% dos medicamentos tarjados (53% do mercado de varejo).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email