18 de abril de 2021

Carro equipado tem maior desvalorização

Estudo AutoInforme/Molicar mostra que o carro básico deprecia 12,71% após um ano de uso, enquanto que o completo perde 15,07%.

O carro equipado desvaloriza mais que o carro básico. Foi o que constatou pesquisa da Agência AutoInforme com base na cotação da Molicar. O estudo comparou a desvalorização dos modelos básicos e dos completos após o primeiro ano de uso e concluiu que os carros equipados perdem 2,36 pontos percentuais a mais que o modelo básico: um ano depois de terem deixado a concessionária os carros básicos perdem 12,71% do seu valor, enquanto a desvalorização dos modelos completos é de 15,07%.
A menor diferença entre básicos e completos foi encontrada nos carros da Citroën, apenas 1,40%, no entanto, os modelos de entrada da marca francesa têm depreciação alta.
Os básicos depreciam 13,20% e os equipados 14,60%. Isso ocorre provavelmente porque os carros de entrada da Citroën são mais equipados em relação aos concorrentes, havendo pouca diferença entre os mais completos.
O estudo agrupou todos os veículos de cada marca, independentemente de categorias e versões. Por isso as montadoras que vendem utilitários apresentam depreciação maior, pois esse tipo de veículo tem maior depreciação.
Um bom exemplo é a Fiat, que comercializa o Ducato. O carro aumentou a média de depreciação da montadora. Os modelos básicos da marca italiana depreciam 12,16% no primeiro ano e os completos perdem 15,80%, uma diferença de 3,64%.

Perdas ficam entre 12,38% e 12,75%

A Honda é a marca que tem a menor desvalorização de modelos básicos. Na média, as versões de entrada do Civic e do Fit perdem apenas 9,91% do preço após um ano de uso, enquanto os mesmo modelos com todos os opcionais têm uma depreciação de 12,38%, diferença de 2,47 pontos. Os modelos de entrada da Volks perdem 10,62% no primeiro ano, uma das médias mais baixas do mercado. Equipados, os carros da marca depreciam 12,75%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email