Bush diz que acordo sai em 2009

Ele disse que não terá cerimônias com os palestinos e israelenses para cobrar “escolhas desconfortáveis” durante as negociações para o processo de paz. “Haverá um acordo de paz assinado quando eu terminar meu mandato (em janeiro de 2009)”, afirmou.

“Estou confiante de que com a ajuda adequada o Estado palestino será estabelecido”, disse o presidente dos EUA. Ele ressaltou ainda que está pronto para oferecer apoio político e econômico, mas que Abbas e o premiê israelense, Ehud Olmert, “precisarão fazer escolhas difíceis”.

Bush chegou a Ramallah para a sua primeira visita à região desde que chegou ao poder. Segundo os críticos da política do governo Bush para o Oriente Médio, Washington não fez maiores esforços para dar fim aos conflitos que já duram 60 anos na região.

Abbas pediu que o presidente dos EUA pressione Israel para dar fim aos postos de segurança na Cisjordânia. Bush respondeu que reconhece que “há frustrações. Mas eu também entendo que as pessoas em Israel querem saber se estarão seguras”.

O presidente dos EUA respondeu ao grupo fundamentalista islâmico Hamas, que se manifestou contra a sua visita na região. “O Hamas não deu nada aos palestinos que moram em Gaza, apenas miséria”.

O grupo radical islâmico Hizbollah criticou a visita de Bush ao Oriente Médio, ao dizer que a viagem se destina a semear a discórdia entre os árabes e minar os direitos dos palestinos.

“O objetivo da visita é acabar com o conflito árabe-israelense em detrimento dos direitos históricos dos palestinos e provocar um confronto dos Estados árabes uns contra os outros e contra seus vizinhos muçulmanos (Irã)”, afirma um comunicado do grupo.

Segundo o Hizbollah, ligado a Teerã, Washington pretende obter o apoio dos países da região à sua política iraniana com o objetivo de debilitar os Estados árabes e dar ao conflito uma dimensão regional.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email