Bovespa fecha em alta de 1,59% e bate recorde no pregão de ontem

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou em nível recorde no pregão, finalmente anulando as perdas acumuladas desde o início da crise provocada pelo mercado de crédito imobiliário americano.

Em setembro, a bolsa acumula ganhos de 7,47%, e de 32% no acumulado deste ano. Analistas destacam o retorno dos estrangeiros ao mercado bra-sileiro, o que costuma sustentar a recuperação das ações.
Neste mês, até o pregão do dia 19, os investidores não-residentes deixaram R$ 1,8 bilhão (diferença entre compras e vendas) na bolsa.
Profissionais de mercado têm expectativa de que os mercados tenham uma reviravolta amanhã, com a divulgação de novos indicadores econômicos dos Estados Unidos.

“O mercado não está com boas perspectivas para os números do setor imobiliário de amanhã e quinta-feira”, afirma Ideaki Iha, analista de câmbio da corretora Fair.
O Ibovespa, indicador que acompanha os preços das ações mais negociadas, encerrou o dia com ganho de 1,59%, aos 58.719 pontos. O volume financeiro foi de R$ 4,80 bilhões. Nos Estados Unidos, a Bolsa de Nova York sofreu perdas de 0,44%, aos 13.759 pontos (Dow Jones).
A bolsa brasileira teve um dia “atípico”, descolada do desempenho das Bolsas americanas, que são a principal referência externa dos mercados brasileiros.
Analistas notaram que o Ibovespa, principal “termômetro” dos negócios no Brasil, foi puxado por algumas poucas ações, mas de muita influência na composição do indicador.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email