15 de abril de 2021

Bosco consolida vitória na Câmara

Nem mesmo a manobra de última hora do presidente Isaac Tayah (PSD) para tentar reintroduzir o voto secreto na eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Manaus deve tirar a vitória do vereador eleito Bosco Saraiva (PSDB) no dia 1º de janeiro

Nem mesmo a manobra de última hora do presidente Isaac Tayah (PSD) para tentar reintroduzir o voto secreto na eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Manaus deve tirar a vitória do vereador eleito Bosco Saraiva (PSDB) no dia 1º de janeiro. Ele conta com os votos dos três correligionários do adversário, dos três vereadores do PP, de seis dos sete eleitos na coligação dos aliados do atual prefeito, Amazonino Mendes, dos três eleitos pelo PTC e de quatro dos cinco vereadores do PTN, além dos dois votos do PSB de Serafim Corrêa, dois do PPS de Hissa Abrahão, um do PSC, quatro de seu próprio partido e pelo menos um dos dois votos do DEM.

Desistência

Consciente de que perdeu a disputa, Tayah vem tentando nos últimos dias uma conversa com o prefeito eleito, Artur Neto (PSDB). Quer encontrar uma saída honrosa, já que, se Pauderney Avelino (DEM) for confirmado secretário, Carlos Alberto automaticamente apoiará Bosco. Gilmar deve aderir também por osmose e Reizo pode votar nulo, já que seu pai, o deputado Sabino Castelo Branco, está rompido com o presidente, que deixou o PTB para aderir ao PSD.

O cara

Até o fechamento desta edição o deputado Josué Neto (PSD) era tido como o escolhido pelo governador Omar Aziz (PSD) para ser o próximo presidente da Aleam, diante do impasse entre Ricardo Nicolau e Chico Preto. A notícia se espalhou como um rastilho de pólvora pelos sites e blogs, chegando a diversos deputados. Uns se alegraram, outros negaram a informação e por último, alguns disseram não saber de nada. Hoje, o dia promete, já que inúmeras reuniões foram realizadas pelos dois grupos, ontem à noite.

‘Fichas sujas’

E por falar em Aleam, a Comissão de Constituição e Justiça, aprovou, ontem, o projeto de resolução que veda a contratação de “fichas sujas” como assessores parlamentares. O projeto de autoria dos deputados de oposição José Ricardo (PT), Luis Castro (PPS) e Marcelo Ramos (PSB) segue agora para a Comissão de Finanças Públicas. Como está nascendo uma nova legislatura na Câmara Municipal, bem que os vereadores poderiam seguir o exemplo do parlamento estadual e não contratar assessores “fichas sujas”.

Boas festas

Mais de 20 mil produtos ligados às festas de Natal e fim de ano foram fiscalizados pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) durante a Operação Boas Festas. Entre as irregularidades encontradas na operação foram registrados panetones, chesteres, vinhos e frutas cristalizadas com peso abaixo do declarado na embalagem, além de mortadelas sendo expostas em supermercados com valor taxado, sem a informação do peso líquido do produto.

Continua

O Ipem-AM também identificou luminárias natalinas comercializadas com plugues fora do padrão estabelecido pelo Instituto de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e brinquedos sem o selo do órgão. O presidente do Inmetro, Márcio André, disse que a operação especial terminou, mas a fiscalização vai continuar no comércio local.
Consumidor I

E quem também fez um balanço de atividades foi a Comissão de Defesa do Consumidor, presidida pelo deputado Marcos Rotta (PMDB). De acordo com o parlamentar a comissão apreendeu mais de 20 toneladas de alimentos impróprios para o consumo. Realizou mais de 150 operações nos supermercados, postos de gasolina, frigoríficos e outros estabelecimentos. As multas passaram da casa dos R$ 170 mil.

Consumidor II

No item reclamação, foram 15 mil queixas dos consumidores. A empresa águas do Amazonas (atual Manaus Ambiental) é a grande campeã, seguida da Amazonas Energia e as operadoras de telefonia. Apesar dos esforços dos órgãos, parece que o consumidor ainda precisa de muito respeito por parte dos empresários e prestadores de serviços. De acordo com Rotta, a missão em defesa dos direitos do cidadão vai continuar, “doa a quem doer”.

Preocupado

O senador Eduardo Braga (PMDB) ligava ontem para aliados pedindo a opinião deles sobre a resposta que deu ao prefeito Amazonino Mendes no final de semana. Estava preocupado porque um conselheiro que ele costuma ouvir muito o criticou duramente por ter rebatido quase nos mesmos termos usados pelo adversário. A maioria das pessoas que ele ouviu ontem concorda com a opinião. Todos acham que ele não deveria ter respondido e, se insistisse, deveria ter tentado elevar o nível do debate.

Milagre?

Um oitizeiro com mais de 50 anos, na esquina da Huascar de Figueiredo com a Joaquim Nabuco está chamando a atenção de quem passa pelo local. É que está saindo água de dentro do tronco da árvore. Antes que alguém pense em milagre, o diretor da Semmas, Heitor Liberato, explica: “Provavelmente, houve o rompimento da rede de abastecimento que passa pelo local e a água está fluindo por algum orifício existente na altura do colo da planta”, afirmou. A Manaus Ambiental também foi chamada para avaliar a situação.

Dívidas

Fornecedores que até agora não receberam pelos serviços prestados à campanha da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) à prefeita estão esperando a primeira oportunidade para conversar com ela em Manaus. É que os coordenadores do comitê central, responsáveis pela encomenda de material, simplesmente sumiram, alguns alegando cansaço e outros até com problemas pessoais seríssimos. Fala-se em R$ 3 milhões pendurados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email