Bolsas sobem com decisão do BNP Paribas e ganhos em New York

As bolsas européias fecharam em alta na sexta-feira, influenciadas pela decisão do banco francês BNP Paribas de reabrir, na próxima semana, os três fundos que havia congelado no último dia 9, devido à crise dos créditos hipotecários de alto risco nos Estados Unidos.
A Bolsa de Londres fechou em ligeira variação positiva de 0,37%, indo para 6.220,10 pontos; a Bolsa de Paris teve valorização de 0,83%, indo para 5.569,38 pontos; a Bolsa de Milão teve expansão de 0,62%, para 31.011 pontos; a Bolsa de Amsterdã fechou em alta de 0,65%, com 518,10 pontos; e a Bolsa de Madri fechou em alta de 0,27%, com 1.577,46 pontos no índice Madrid General.
A Bolsa de Frankfurt foi a exceção do dia, fechando com ligeira desvalorização de 0,06% e 7.507,27 pontos.
Também influenciou o resultado das Bolsas européias o bom desempenho dos mercados acionários dos EUA, beneficiados com indicadores econômicos positivos: os pedidos de bens duráveis e as vendas de casas novas referentes a julho. O Departamento do Comércio informou que as vendas de casas novas nos EUA em julho teve alta de 2,8%, chegando a uma taxa anualizada de vendas de 870 mil unidades. Em junho houve queda de 4%. O preço médio de imóveis residenciais novos teve aumento de 0,6% no mês passado, chegando a US$ 239.500, contra US$ 238.100 em julho do ano passado. Também teve efeito positivo na percepção dos investidores sobre a economia americana a divulgação de um crescimento de 5,9% nos pedidos de bens duráveis nos EUA. A expectativa dos analistas era de um resultado inferior -alta de apenas 1%. O dado do mercado imobiliário foi recebido com otimismo, depois de uma série de notícias desfavoráveis nos últimos dias sobre o mercado de hipotecas de risco e com a expectativa de que o Fed, reduza sua taxa básica de juros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email