Belém sedia 4ª Frutal e 9ª Flor Pará, maiores eventos de agronegócio do Norte

Os eventos 4ª Frutal Amazônia e 9ª Flor Pará se tornaram a principal vitrine dos produtos amazônicos e se espera realizar mais de R$ 30 milhões em negócios nacionais e internacionais, permitindo impulsionar ainda mais as cadeias produtivas de flores e frutas da região amazônica. São cerca de 300 estandes de flores, frutas e equipamentos de agroindústria para processamento de frutas e produção de sucos concentrados para exportação. São esperados participantes dos nove Estados amazônicos e dos 143 municípios paraenses, além de São Paulo, Bahia e Ceará, entre outros Estados. Também confirmaram presença representantes da Itália, Holanda e Cabo Verde, na África.
A programação oferece seminários, painéis e palestras. A maior parte dos 40 eventos técnicos tem como público-alvo agricultores familiares, predominantes no Pará. Além disso, ocorrerão cinco eventos paralelos: duas reuniões, sendo uma para criação da Unicafs Pará (União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária) e outra para organização da 37ª Sessão Internacional da Pimenta-do-reino; e também Seminário do Açaí; Seminário dos Cacauicultores do Estado do Pará e 1º Encontro Paraense dos Representantes da Câmara Setorial da Cadeia Reprodutiva do Agronegócio do Cacau e Sistemas Florestais Renováveis.
Este ano, uma das novidades da feira são os parques tecnológicos, que mostrarão a industrialização de vários produtos, como o doce de caju, o processamento das polpas de frutas, da farinha (e como resultado, a tapioquinha e o beju), a extração do óleo da castanha e a transformação do cacau em chocolate –haverá uma fabriqueta de chocolate para demonstrar o processamento do cacau.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email