Belarmino sugere comissão para tentar salvar HUGV

A criação de uma comissão especial de deputados para buscar soluções para dar continuidade ao funcionamento do HUGV (Hospital Universitário Getúlio Vargas) — por se tratar de um hospital de referência no Amazonas –, foi a proposta levantada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Belarmino Lins (PMDB), presidente deste Poder.
A decisão tomada pelo presidente da ALE decorreu de pronunciamento feito na sexta-feira, 29, pelo deputado Luiz Castro (PPS), que mostrou as dificuldades por que passa aquela casa de saúde que está prestes a fechar suas portas.O presidente afirmou que, inclusive, tem um filho fazendo residência em cirurgia no HUGV, que lhe revelou a complexidade das dificuldades por que passa o hospital para continuar funcionando.

Solucionar problemas

Diante dessa situação desesperadora, ele (Belarmino) disse que a sobrevivência do hospital passa a ser função de todos, mas não de se travar um cabo de guerra, mas sim, de se travar formulações para a solução dos problemas.
“Não interessa para nós o HUGV fechar as portas, pois são centenas de pessoas que dependem da alta qualidade de mão-de-obra para serem operados e isso se soma ao esforço do governo Eduardo Braga (PMDB), que constrói um novo prédio para o Pronto Socorro e Hospital 28 de Agosto que passará também a ser uma referência a nível estadual.

Recursos para funcionamento

Belão declarou, ainda, que o que interessa é que hajam recursos para o funcionamento do hospital, a fim de que não aconteça o que aconteceu com a Santa Casa de Misericórdia que fechou as portas há alguns anos por falta de investimentos em infraestrutura e recursos financeiros o que o levou à situação precária a que chegou.

Encontrar solução

Para tanto disse Belarmino que vai formular requerimento, anexando todas as matérias saídas na imprensa sobre o assunto e o clamor da direção do HUGV, com cópias para o governador Eduardo Braga, para os ministros da Saúde, José Gomes Temporão e da Educação, Fernando Haddad já que o hospital é mantido pela Universidade Federal do Amazonas, reitoria da UFAM, direção do HUGV e bancada federal do Amazonas a fim de se encontrar uma solução definitiva para os problemas do hospital.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email