Banco do Japão injeta um tri no mercado financeiro

A Bolsa de Tóquio subiu 3% e fechou com 15.732,48 pontos, depois da queda de 5,4% na sexta-feira (quando o índice recuou para 15.273,68 pontos, menor pontuação em um ano).
Ontem, o Banco do Japão (banco central do país) injetou 1 trilhão de ienes (US$ 8,695 bilhões) no mercado financeiro para atenuar os problemas de falta de liquidez (oferta de crédito) derivados da crise hipotecária nos Estados Unidos, disse a agência local Kyodo.
O BOJ interveio no mercado pela manhã (horário local), após detectar que as taxas de juros se encontravam em torno de 0,56%, acima de seu objetivo, de 0,5%. No total, o BOJ injetou no mercado US$ 36,520 bilhões nos últimos dez dias, com o objetivo de dissipar as crescentes dúvidas dos investidores sobre a liquidez dos mercados internacionais diante da crise hipotecária dos Estados Unidos.
A Bolsa de Bancoc (Tailândia) fechou em alta de 4,4%, com 792,02 pontos; a Bolsa de Jacarta (Indonésia) fechou em alta de 7%, com 2.041,58 pontos; A Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) subiu 4,4%, com 1.243,39 pontos; A Bolsa de Mumbai (Índia) fechou em alta de 2%, com 14.428 pontos; a Bolsa de Seul subiu 5,7% -após duas quedas consecutivas, de 7% na quinta-feira (16) e de 3,2% na sexta-feira (17)-, fechando com 1.731,27. Foi o maior ganho percentual em mais de cinco anos.
A Bolsa de Cingapura fechou em alta de 6,1%, com 3.322,38 pontos; a Bolsa de Sydney (Austrália) teve alta de 4,6%, fechando com 5.932,6 pontos; a Bolsa de Taipé (Taiwan) subiu 5,3%, fechando com 8.515,60 pontos; e a Bolsa de Wellington (Nova Zelândia) subiu 2,3%, fechando com 3.982,83 pontos.
A Bolsa de Manila Filipinas) esteve fechada devido a um feriado. A Bolsa de Xangai fechou em alta ontem, recuperando-se do impacto sofrido na sexta-feira, quando caiu cerca de 2,3%, refletindo a queda de confiança dos investidores frente à crise no mercado de crédito imobiliário dos Estados Unidos.
O índice Shanghai Composite encerrou o dia em alta de 5,3%, com 4.904,85 -foi o maior ganho percentual no índice em um único dia desde o pregão de 8 de junho de 2005, quando a alta foi de 8,2%. O índice Shenzhen Composite subiu 4,5%, para 1.356,02 pontos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email