11 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Agronegócio deve movimentar R$ 20 milhões na Expoagro 2008

O montante, a ser movimentado durante e após a feira, deve ser resultado principalmente da comercialização de animais feita por empresários do ramo pesqueiro e agropecuário

Com a expectativa de gerar mais de R$ 20 milhões em negócios o governo estadual realiza, no período de 9 a 16 de novembro, no parque de exposições Angelino Beviláqua, no quilômetro 10 da avenida Torquato Tapajós, a 35ª Expoagro (Exposição Agropecuária do Estado do Amazonas) que até o momento tem inscritos 90 expositores. O montante, a ser movimentado durante e após a feira, deve ser resultado principalmente da comercialização de animais feita por empresários do ramo pesqueiro e agropecuário.
O Estado destinou R$ 1,2 milhão para a realização do evento cujo foco principal é incentivar o desenvolvimento sustentável da região. “Queremos, principalmente, potencializar as atividades do Estado para melhorar a situação dos produtores rurais”, declarou o presidente da ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável), Valdelino Cavalcante, lembrando que cerca 400 mil visitantes devem passar pelo local.

Faturamento garantido

A Iveco é uma das expositoras e segundo o gerente da concessionária, Emílio Sobrinho, durante a participação na Expoagro, a empresa pretende faturar cerca de R$ 6 milhões, com a venda de caminhões, o que representa um crescimento superior a 100% em relação ao valor obtido no evento de 2007. “Com a comercialização das diferentes linhas de veículos esperamos ter um grande faturamento e superar a marca alcançada no ano passado de R$ 2,8 milhões”, afirmou.
Ainda de acordo com Sobrinho, a Iveco vai levar para a Expoagro um mix de produtos, entre caminhões leves, médios e pesados com a aposta de vender pelo menos 15 unidades, para os públicos da construção civil, mineração e caminhoneiros. Os veículos leves pesam entre 1.500 e 4.300 quilos, os médios de 9.000 a 16 mil quilos e os pesados variam de 27 até 35 toneladas.

Feira garante visibilidade

No ramo de ferramentas, a Real Equipamentos é uma das empresas que garantiu espaço na exposição. Para a diretora comercial da firma, Dayanne Pinheiro, a feira é uma ótima oportunidade para fortalecer a empresa. “A Expoagro sempre traz um bom retorno para a nossa empresa. Vamos levar produtos para açougues, cozinhas industriais, mercadinhos, panificação, restaurantes, salões de beleza e supermercados”.
Segundo o proprietário da Maqserras, Izoindi Júnior, o evento é uma vitrine para reconhecimentos. “Com a Expoagro podemos aumentar a nossa lista de contatos e gerar vendas casuais”, enfatizou. Os produtos expostos na feira serão os motores estacionais, roçadeiras, linhas de geradores, cortadores de grama, entre outras mercadorias da marca Honda.
A Expoagro do ano passado movimentou quase R$ 23 milhões em negócios. Para os empresários interessados em participar da feira, as inscrições ainda estão sendo feitas pelo telefone 3654-5484. A expectativa da ADS é garantir a participação de 120 expositores, nesse ano.

Produtor tem R$ 10 milhões para fomento

Em paralelo à Expoagro, acontece a 6ª Feira de Agronegócios Sustentáveis do Programa Zona Franca Verde. “É o momento para realizações dos setores agropecuários e pesqueiros. Com a feira, os produtores podem comercializar os seus produtos com financiamentos para máquinas, equipamentos e insumos”, comentou Cavalcante ao revelar que os produtores rurais receberão acima de R$ 10 milhões para ações de fomento.
No que se refere a resultados do programa Zona ­Franca Verde, segundo afirmou Cavalcante, já foram contabilizados mais de R$ 70 milhões em volume de ­negócios e número superior a 100 mil empregos foram gerados ­entre janeiro e setembro desse ano.
Ainda de acordo com o presidente da ADS, o panorama de agronegócios no interior do Estado é positivo. “Estamos com um bom desempenho neste segmento com a regionalização da merenda escolar e a fabricação de carteiras escolares, além de outras parcerias com programas do governo federal que aquecem e aperfeiçoam o setor primário”, garantiu.

Hora da diversão

Além das exposições dos animais e da comercialização de produtos agrícolas e alimentos regionais, o público poderá se divertir com, rodeios, e apresentações de cantores locais e a atração nacional Sérgio Reis.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email