Agrenco inaugura primeiro complexo industrial no Estado do Mato Grosso

A Agrenco, grupo especializado em fornecer soluções integradas e personalizadas em toda a cadeia do agronegócio, inaugurou o seu primeiro complexo industrial localizado no Alto Araguaia, Mato Grosso. Este será o único complexo brasileiro com produção integrada e tecnologia que permite flexibilidade para produção de diversos tipos de farelos, óleos, biodiesel e energia elétrica simultaneamente, de acordo com a demanda.
A planta está dividida em quatro unidades: (1) esmagamento de soja, (2) prensagem de caroço de algodão, semente de girassol e de crambe, (3) produção de óleo vegetal refinado e/ou biodiesel e (4) co-geração de energia elétrica.
O novo complexo des­taca-se por ser moderno, de baixo custo, poupador de energia, conta com fontes alternativas de matéria-prima, alem de preservar o meio ambiente. Esta também será a primeira planta no Brasil a produzir o farelo super hipro (SHP), com mais de 50% de proteína. A unidade de prensagem está preparada para a produção dos farelos de girassol, caroço de algodão e outras oleaginosas de alta qualidade. “Seremos a maior fábrica da América Latina em termos de processamento de sementes alternativas à soja, somos a única no mundo a produzir, nesta escala e com esta tecnologia, proteínas livres de salmonela.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email