Adaf certifica mais um entreposto de ovos com serviço de inspeção no AM

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), autarquia vinculada à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), certificou nesta quarta-feira (6/2) mais um entreposto de ovos com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) no município de Rio Preto da Eva (distante 80 quilômetros de Manaus). O SIE concedido à Granja Lucena vai oportunizar ao produtor rural a comercialização dos produtos para todo o estado e a garantia que os ovos serão inspecionados.

Segundo o secretário executivo de políticas agropecuárias e florestais do Amazonas (SEAPAF/Sepror), José Airton Schneider, que esteve no local representando o secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrúcio Magalhães, o Governo do Amazonas vem trabalhando para potencializar e ampliar negócios voltados para o setor primário.

"Hoje, o 34º empreendimento de ovos recebeu o serviço de inspeção estadual e, particularmente, o Município de Rio Preto da Eva e o Amazonas como um todo ganham com esse negócio. É uma oferta de um produto inspecionado que recebe o aval do Governo do Estado", destacou José Schneider.

Em Rio Preto da Eva, atualmente, três empresas relacionadas à produção de ovos são registradas no SIE. Anualmente, a produção no estado é de mais de 480 milhões de ovos através dos entrepostos registrados na Adaf.

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, só neste segmento, 60 empresas estão em processos de legalização junto ao órgão de defesa e o Governo do Estado, que através do Sistema Sepror (Idam, Adaf e ADS) e de forma integrada está trabalhando para que os produtos regionais sejam valorizados.

“A Granja Lucena cumpriu toda legislação sanitária, desde a criação das aves até a produção dos ovos, oferecendo à população um produto de qualidade e com a adequada certificação, competindo com uma qualidade até superior aos produtos que vem de fora”, destacou Alexandre.

Sobre a Granja Lucena- O empreendimento com a marca Granja Lucena, localizado no município de Rio Preto da Eva, AM-010, km 94, recentemente se regularizou perante à Instrução Normativa (IN) de nº 36 , do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), onde cumpriu às adequações relacionadas à criação de aves junto ao Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA).

O entreposto terá a capacidade de produzir 6.300 ovos diariamente. Esta produção é oriunda de 7.500 aves que fazem parte do plantel da propriedade rural. Segundo Valdivino Lucena, produtor rural e responsável pelo negócio, mais 3.500 pintainhas estão sendo preparadas para produção. Seo Valdivino empregará 8 funcionários.

“A partir de hoje começamos uma nova vida. O SIE para mim representa abertura de novos mercados”, comentou Valdivino Lucena, que possui também produção agrícola de hortaliças, abobrinha, laranja, maracujá, banana e pitaya.

Durante a solenidade de entrega do certificado do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) estiveram presentes a gerente de produtos de origem animal da Adaf, Juliana Prado e sua equipe; o diretor-técnico da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Heitor Liberato; e o gerente da Unidade Local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal Sustentável (Idam), em Rio Preto da Eva, José Maria Frade.
 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email