Ação leva empreendedorismo a jovens

Levar a prática do empreendedorismo para estudantes de ensino médio, universitários e comunidade é a meta da Caravana do Empreendedor, um projeto que inova a forma de orientar, palestrar, treinar e executar ações, criada pelo consultor de empresas, Flávio Guimarães. Agendada para os dias 26 e 27 de maio, o evento realizado pela Adejam (Associação de Empresários Jovens do Amazonas), terá sua primeira edição na Escola Estadual José Bernardino Lindoso, na Cidade Nova 3. A Caravana, que será itinerante, contará com uma equipe de empresários jovens, gestores empresariais e autoridades, que sejam cases de sucesso, que levarão às escolas, universidades e bairros, orientações práticas sobre a vida profissional.

Orientando jovens estudantes
As orientações da Caravana, neste primeiro ato, serão destinadas aos estudantes que fazem parte do EJA (Educação de Jovens e Adultos) programa da Seduc-Am (Secretaria de Educação do Estado do Amazonas), visando estudantes com um pouco mais de idade e que provavelmente já sejam donos de negócios familiares e informais. “A Caravana trabalhará orientações práticas do dia a dia profissional para cada jovem e profissional. Indo além do ensino teórico ou técnico das escolas. Nós ensinaremos a prática, com a experiência adquirida no cotidiano empresarial”, diz Guimarães.
O evento, criado por uma equipe independente e apartidária de empresários jovens, tem metodologia própria e o modelo apresentado é inédito no Brasil, segundo o idealizador.
A Caravana pelo seu caráter inovador já recebeu convites para estender as ações para cidades próximas e outros Estados. “Nossa segunda edição, agendada para setembro recebeu a proposta de ir ao interior, só estamos aguardando a confirmação da comunidade. Outra boa notícia é que houve interesse de pessoas no Maranhão, esperamos poder chegar lá em breve, mas primeiro temos que ganhar fôlego aqui em Manaus, adquirir experiência e só então ir a outros Estados”, ressalta.

Comportamental
A metodologia usada na Caravana, de início será voltada para aspectos comportamentais, como acordar melhor e produzir mais durante o dia (técnicas de sono), até técnicas de apertos de mãos em reuniões.
As orientações seguem em como agir em determinadas situações do dia a dia, elaborar um currículo de sucesso, se comportar em uma entrevista, como vender um projeto ou uma idéia.
“Empreender também é algo ligado ao comportamento, o que pode ser usado em relações familiares e de negócios. A metodologia visa ensiná-los a planejar, pensar, criar e evoluir. Ainda iremos orientar sobre orçamento e economia financeira familiar, qualidade de vida e outros”, conta Guimarães.

Para negócios
Pensando nos passos dados após a primeira Caravana, o idealizador do evento, já pensa em retornar a Escola para identificar possíveis empreendedores e orientá-los para a obtenção de crédito junto a bancos e agências de fomento, através de convênios com Basa (Banco da Amazônia) e Afeam (Agência de Fomento do Estado do Amazonas).
“Parcerias assim estão sendo sondadas e esperamos conseguir o intento. Sabemos que muitos dos que irão as Caravanas, já têm negócios próprios e informais. Além de ensinar o empreendedorismo, queremos tirá-los da informalidade e dar oportunidades de crescimento”, resume.

Parcerias
A Adejam comemora a ajuda e adesão de parceiros importantes como Seduc, Semtrad (Secretaria Municipal de Trabalho Emprego e Desenvolvimento), Sine (Sistema Nacional de Emprego) Manaus, Fajje (Federação Amazonense de Jiu Jitsu Esportivo) e Coletivo Difusão.
As parceiras tornaram possíveis ações diversas, como treinamento, exercício de orientação vocacional, atividade esportiva, atividade cultural e um stand do Sine Manaus, para tirar dúvidas sobre emprego e trabalho.

Benefícios
Para os participantes da Caravana, os benefícios virão com exercícios de orientação vocacional (a alunos do terceiro ano do ensino médio) e técnicas de como lidar com situações delicadas do dia a dia profissional; elaborar um currículo de sucesso; aprender como se comportar em uma entrevista e como impressionar os gestores de empresas; o que é necessário para alcançar o êxito em um projeto profissional; planejar, criar, evoluir e agir nos momentos certos na vida profissional e pessoal; técnicas de estudos e memorização; economia familiar; vender projetos e idéias; técnicas sobre como falar em público e administrar o próprio negócio.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email