Dia do Reservista: uma celebração da Pátria e do Serviço Militar

Compartilhe:​

O serviço militar é parte integral da sociedade brasileira, atuando como força unificadora que congrega pessoas de todas as classes sociais em defesa da nação. Além disso, ele serve como uma escola de disciplina e ordem, onde os jovens aprendem valores importantes como respeito, honra e lealdade.

Não apenas isso, o serviço militar também desempenha papel crucial na formação da identidade nacional. Ele contribui para instilar o senso de patriotismo e o amor pela pátria, servindo como lembrete constante do sacrifício e dedicação necessários para proteger e preservar a nação. Assim, o serviço militar reforça tanto a coesão social quanto a identidade nacional.

Por essa razão, o Dia do Reservista, comemorado em 16 de dezembro, é uma data de grande importância para o Brasil. Esta data não só celebra o nascimento do poeta e patriota Olavo Braz Martins dos Guimarães Bilac, mas também serve para reavivar o espírito militar do contingente licenciado das Forças Armadas.

Olavo Bilac, um poeta nascido no Rio de Janeiro em 1865, é uma figura central na história do serviço militar brasileiro. Este fato não é surpreendente, considerando que seu pai era major do 3° Batalhão de Voluntários da Pátria que combateu na Guerra da Tríplice Aliança.

Apesar de ter iniciado estudos em Direito e Medicina, Bilac encontrou sua verdadeira vocação nas letras. Ele foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras e um fervoroso defensor da alfabetização. Sua contribuição para a literatura brasileira é inestimável, sendo o autor do “Hino à Bandeira Nacional”, da “Oração à Bandeira” e do soneto “A Pátria”.

No entanto, a paixão de Bilac pelo serviço militar era igualmente forte. Ele acreditava firmemente na importância do serviço militar obrigatório e trabalhou incansavelmente para promovê-lo. Para ele, o Exército era mais do que apenas uma força de defesa; era um instrumento de integração. Ele defendia a ideia de um Exército nacional composto por todos os estratos sociais.

Comemorar, portanto, o Dia do Reservista é mais do que uma simples celebração da nacionalidade. É uma oportunidade para reflexão e introspecção. É um convite a todos os brasileiros para se lembrarem de sua juventude, de seus amigos, de seus ideais e do orgulho e honra de servir às Forças Armadas.

O Dia do Reservista também é marcado pelo Exercício de Apresentação da Reserva (EXAR), momento em que os reservistas que deixaram o serviço ativo nos últimos cinco anos retornam às suas organizações militares de origem e ocorre um congraçamento entre eles e os militares da ativa. O EXAR serve ainda para reafirmar os laços afetivos com a Força Terrestre e cultivar o espírito cívico.

Por isso, nesse dia, celebramos não apenas a memória de Olavo Bilac, mas também o espírito de serviço e dedicação que ele representa. É um dia para lembrar que, como Bilac escreveu em seu “Hino à Bandeira”, devemos “Amar com fé e orgulho a terra em que nascemos”. E é um dia para reafirmar nosso compromisso com a defesa da Pátria.

Você sabia…

… que o serviço militar obrigatório no Brasil remonta ao período colonial? Naquela época, o sistema administrativo adotado era o das Capitanias Hereditárias e o serviço militar foi implementado para permitir a defesa contra inimigos estrangeiros. Assim, em 9 de setembro de 1542, na Câmara de São Vicente, foi promulgado um “Termo”, organizando uma milícia formada por colonos e índios.

A obrigatoriedade do serviço militar foi reafirmada no Império e após a Independência, na Constituição de 1824. No entanto, a primeira lei que previa o alistamento data de 1874, ainda no Império do Brasil, mas nunca saiu do papel. Uma segunda, de 1908, e só implantada em 1917, formalizou o alistamento.

Um fato curioso é que o poeta Olavo Bilac, nos anos de 1915 e 1916, desencadeou uma campanha pregando a necessidade do Serviço Militar, como preito de amor à Pátria, e o quartel, como escola de civismo. Como justa e merecida homenagem, foi escolhido o patrono do Serviço Militar e a data de seu nascimento — 16 de dezembro — consagrada como o Dia do Reservista.

CMA CMA

CMA CMA

Qual sua opinião? Deixe seu comentário