Você só sabe que dormiu quando acorda

Não sei se você já tinha feito esta reflexão, mas nenhum de nós sabemos exatamente a hora que dormimos. Somente quando acordamos é que percebemos que estávamos dormindo e pelo tempo que despertamos temos a vaga noção de quanto tempo passamos.

Diante deste fato, fiquei pensando as inúmeras situações da vida que também estamos “dormindo acordados” e não notamos, como um emprego que não faz mais sentido, uma carreira que não vai para lugar nenhum, uma sociedade que não tem mais razão de existir, um relacionamento social ou amoroso que acabou e nem damos conta.

É preciso despertar para estas situações para que as atitudes sejam tomadas e outros resultados aconteçam, pois enquanto não acordamos para este cenário o tempo vai passando e o que gostaríamos realmente de viver não passará de um sonho.

Para transformar sonhos em realidade é preciso ação, muitos estão cochilando e tantos outros estão adormecidos e continuam acreditando que a imaginação é de verdade.

Nem sempre é fácil acordar, pular com total ânimo da cama e começar a fazer as coisas acontecerem. É preciso encarar que ao perceber que alguns aspectos da vida estão em sono profundo o corpo ainda estará sonolento, as respostas não são tão imediatas e que pode levar um tempo para que todo vigor apareça, mas acordar já será um passo importante. Abra os olhos ainda acostumando com a claridade, mas saia da escuridão. Se movimente devagar, mas mova-se. Levante lentamente, mas fique em pé. Vista-se passo a passo, mas arrume-se para a situação. Sai para o mundo com passos lentos, mas ande.

Encare acordar como um suave sopro da manhã dando o dia de hoje como um presente para transformar sua carreira, mobilizar o seu trabalho, mudar sua sociedade, concluir ciclos de relacionamentos, começar novas relações, se empolgar com outra rotina, construir outros hábitos e tantas outras oportunidades para fazer tudo novo de novo.

Há um provérbio antigo que diz que a nossa mente adquire a forma do que quer que repouse sobre ela. Desta forma, a medida que o seu dia se desenrola, poderá, sempre que necessário, retornar aos sentimentos e intenções que estabeleceu para si quando acordou. 

Neste contexto de acordar para a vida significa estar atendo para não entrar num estado de piloto automático, fazendo todos os dias as mesmas coisas, tudo sempre muito igual, repetindo padrões que não funcionam mais, estando em um modelo mental ultrapassado e sem sentido. 

No estado automatizado a vida vai perdendo a graça, perdendo a cor, e passamos a viver com saudade do mundo com mais descobertas, com mais novidades. Este que nos move para desafios que valem a pena, que mobilizam curiosidade e desenvolvimento, que nos impulsiona para uma sempre melhor versão.

Você já avaliou o acordar separadamente? A-cor-dar… Gosto de pensar que será sobre da cor a vida, dar cor para a nossa existência, dar cor para nossa essência fluir, dar cor para tudo o que fizermos. Uma vida mais colorida que se não estivermos com olhos bem abertos corre o risco de ficar completamente sem cor.

Estar acordado também significa que não conseguiremos controlar todas as coisas, mas não ficaremos inerte apenas sonhando. Não podemos transformar um dia nublado em um dia de sol, mas é acordado que você decide o que fazer para aproveitar melhor as oportunidades dos dias de chuva, bem como os momentos ensolarados. Dormindo, se quer pode ter total noção da temperatura. 

Espero que você esteja bem acordado para sua vida espiritual, familiar, social, financeira, profissional, emocional e todos os aspetos que nos torna mais que sobreviventes, mas vivos de verdade e possa olhar para dentro de si mesmo e mudar a forma como enxerga o mundo, como lida com as situações e como resolve os problemas, afinal é só acordado que pode fazer alguma coisa. Falando nisto, você está dormindo?

Cintia Lima

Psicóloga, Mentora de Líderes e Master Coach

@psi.cintialima

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário