Pesquisar
Close this search box.

O Dia dos Pais

O Dia dos Pais é uma data muito especial: é o dia em que celebramos aquele que é a figura paterna, que representa a pessoa que tem um papel singular na vida e estrutura da família. Homem, mulher e filhos formam o núcleo basilar de uma sociedade. Portanto, esta data é emblemática. No Brasil é celebrada no segundo domingo do mês de agosto. Suas origens remontam o passado, tendo surgido nos Estados Unidos em 1909, quando Sonora Louise Smart Dood, filha de um ex-combatente da Guerra Civil Americana, teria decidido homenagear seu pai. Assim como no caso do Dia das Mães, a data foi pensada com o intuito de fortalecer os laços familiares.

Segundo publicação do site ‘brasil escola’, após escutar um sermão dedicado às mães, a ideia de Sonora era agradecer ao pai pela dedicação aos filhos após este ter perdido sua esposa no nascimento do sexto filho. Ele, que criou os menores sozinho, era visto pela filha como um herói. Ela não poupou esforços para que a figura paterna também fosse homenageada a partir de então. Em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, localizada no Condado de Spokane, em Washington, além de pedir ajuda para uma entidade de jovens cristãos do município. Após as solicitações, o primeiro Dia dos Pais foi comemorado em 19 de junho do mesmo ano, data do aniversário de William Jackson.  Essa comemoração começou a ganhar proporção no decorrer dos anos e, em 1924, o então presidente Calvin Coolidge tornou nacional a ideia de Sonora. Mas foi em 1966, no entanto, houve a proclamação oficial que determinou o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (Father’s Day) nos Estados Unidos. Já o feriado nacional foi oficializado por Richard Nixon no ano de 1972.

 Em nosso país o Dia dos Pais é celebrado sempre no segundo domingo de agosto. A ideia da comemoração surgiu de uma ação do publicitário Sylvio Bhering, em 1953. O objetivo era estimular o comércio no segundo semestre, já que o Dia das Mães movimentava a economia no primeiro semestre e o Natal no fim do ano. Em várias partes do Planeta também se comemora esta data tão importante, em épocas diversas, como por exemplo, na Rússia, que não tem uma data oficial para rememorar os pais; todavia conta com a comemoração do Dia do Defensor da Pátria, em 23 de fevereiro, voltada para os homens. Já a Espanha, Itália e Portugal comemoram o Dia dos Pais em 19 de março, Dia de São José. Neste último, a data é uma das comemorações mais importantes das terras lusitanas. A Alemanha também não conta com uma data oficial para a comemoração, mas reserva o dia da ascensão de Jesus, que oscila conforme o calendário da Páscoa. Neste dia, pais e filhos costumam passear e fazer piqueniques para comemorar. 

Já os nossos vizinhos Argentina e Peru contam com celebrações no terceiro domingo do mês, assim como também o Reino Unido. No Paraguai, por sua vez, comemora-se uma semana antes. O Canadá celebra dia 17 e a Grécia no 21º dia.

Ou seja, são diferentes as origens que deram início a esta comemoração e as realidades são diferentes em cada nação que celebra o Dia dos Pais; contudo, o mais importante é que valorizemos esta figura de vital importância na vida de todo o ser-humano e reservemos um momento para frisar o valor inestimável de um pai. 

Acima de tudo, devemos celebrar aquele que é O PAI CELESTIAL e oferece gratuitamente o Seu Amor de Pai a todos aqueles que desejam, creem Nele e no sacrifício incomparável que Seu Filho fez ao morrer na cruz para salvar a todo aquele que entrega a sua vida a JESUS CRISTO, O SALVADOR.

Também quero prestar minhas homenagens ao meu pai, Plínio Jorge Teixeira, um homem de valor, exímio como pai, esposo, profissional e cidadão. Amo você, meu Pai. E na pessoa dele estendo minhas homenagens a todos os pais neste dia e sempre. Que DEUS abençoe a cada um, junto a todos os seus familiares, no Nome de JESUS.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar