Pesquisar
Close this search box.

Balde de água fria

Quando estamos em um país em uma guerra interna, onde parte da população, mesmo que minoria, aliada a parte de instituições, também minorias, porém com força política e de informação, geralmente fica muito difícil se trabalhar com informações e principalmente com opiniões. O nosso querido Brasil está exatamente nesta situação neste exato momento, quando a parcela da população que perdeu a força do poder de esquerda que dominou o país durante duas décadas, tanto os que estiveram no poder quanto os que se aproveitaram dele, não aceitam terem perdido as “tetas em que mamavam”!

A guerra contra o atual governo e o presidente acaba resvalando na imagem de nosso país, sem que haja a menor preocupação dos males causados ao nosso país em todas as esferas. Perdemos em termos políticos, econômicos e até mesmo a nível social, visto que o descaso com que passam a encarar uma imagem distorcida do que acontece por estas terras, leva os estrangeiros a descartar nosso país e os inimigos a se aproveitarem para aumentar a falácia e buscar denegrir ainda mais nossa imagem.

No entanto este país sempre tem uma bala na agulha para assustar e deixar os inimigos sem ação! Em primeiro lugar, nossa Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, além do belíssimo trabalho que vem desenvolvendo, alavancando nosso país em termos econômicos e tecnológicos, vem dando show na defesa de sua área. Em um seminário internacional sobre Meio Ambiente, quando o presidente Francês, declarado inimigo de nosso país e da Amazônia participava, nossa querida Ministra apresentou alguns dos projetos implantados em nosso país de agricultura sustentada, entre eles a da JBS, que ganhou um prêmio internacional, onde até a geração de energia é Solar e Eólica. Ao final da apresentação perguntou: “ e aí Sr. Macron, a França tem algo parecido com isto que estamos fazendo no Brasil”?

Recentemente, quando se começou a discutir os efeitos da mudança climática no mundo, que nossa imprensa infelizmente tenta colocar como um problema exclusivo do Brasil, deixando de mostrar ao público as queimadas dos Estados Unidos, da França, da Grécia e outros tantos países, que sofrem com o aumento do calor no mundo e estão com problemas bem piores que nós; nossa Ministra da Agricultura estava lá e ao final propôs ao Ministro da Agricultura americano uma parceria. Vejam bem o alcance do que estou relatando: Brasil e Estados Unidos parceiros na tecnologia da produção de alimentos, exatamente no momento em que os americanos estão desesperados, em primeiro lugar na produção em si e também com meios de enfrentar a concorrência com a China.

Esta semana, superando todas as expectativas e todas as Fake News geradas em relação ao fato, nosso presidente foi a Nova York para discursar na ONU e descascou para cima dos incrédulos com toda a classe, uma série de verdades que nem todos estavam preparados para ouvir. Nosso presidente mostrou ao mundo que, apesar da imagem negativa que tentam montar dele, sabe muito bem o que está fazendo e o quanto está fazendo. Mostrou os investimentos que estão sendo feitos no Brasil, no Agronegócio e na infraestrutura, mesmo não sendo divulgados.

No quesito pandemia, nosso presidente quebrou a retórica esquerdista e negativista daqueles que tentam culpar nosso governo de genocídio, mostrando o quanto foi investido no combate ao Corona vírus e na defesa do povo brasileiro através dos programas de auxílio emergencial e da própria compra de vacinas. Não é à toa que o Ministro da economia se vê em dificuldades para implantar alguns de seus projetos. Afinal, quando o governo ia decolar suas propostas, a pandemia veio com toda a força e tudo teve que ser rapidamente mudado para atender ao povo, mesmo aqueles que insistem em não reconhecer o esforço. 

Portanto, para quem esperava nosso presidente esperneando ou gritando na Assembleia da ONU, ou mesmo aqueles que chegaram a apostar que ele seria impedido de fazer o discurso por conta da vacina, o sucesso de seu discurso foi um verdadeiro BALDE DE ÁGUA FRIA.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar