Pesquisar
Close this search box.

Avaliação de um ano e meio do governo Bolsonaro

Fez campanha usando o celular com as redes sociais e em aviões de carreira. Gastou menos de três milhões de reais, enquanto teve estados em que candidatos a deputado federal, a senador e governador gastaram muitas vezes mais.

Ele tem um congresso contra ele de deputados e senadores em sua maioria fisiologistas, corruptos e achacadores. Tem um STF em que a maioria ou quase a totalidade nomeados pelo PT, esquerdopatas e corruptos contra ele.

Tem mais de 30 partidos da esquerda de oposição a seu governo. A mídia quase toda formada por hienas famintas e ávidas do dinheiro público. Inúmeros senadores, deputados federais e governadores, que se elegeram usando seu nome o traíram depois.

Alguns ministros nomeados por ele o traíram também, o mais decepcionante foi o senhor Sérgio Moro que enganou a todos nós.

Nesse curto tempo de governo, Bolsonaro já enfrentou rebelião nas prisões do nordeste, desastre de Brumadinho onde foi ceifado a vida de inúmeras vítimas, óleo criminoso no litoral nodestino, ONGs tocando fogo na nossa Amazônia, com o Covid-19, o STF maléfico tirou poderes do governo federal sobre as estratégias de combate a epidemia passando a governadores e prefeitos.

Contra todas as previsões, nós temos o maior índice de curados do mundo. Recorde nas exportações e vendas de varejo, rodovias consertadas depois de várias décadas de governos anteriores que só prometiam, num plano ousado de melhoria da infraestrutura brasileira para melhorar o escoamento de cargas e do agronegócio pra termos melhores preços e competitividade nas nossas exportações.

Levou água para o nordeste também, promessas de vários governos passados e não cumprido. Em cinquenta anos foi o único presidente que deu vez e voz aos povos indígenas. Recorde de um pouco mais de um ano e meio de governo, sem corrupção tudo isso tendo o apoio somente do povo.

O governo Bolsonaro está aberto a negociar com o mundo inteiro, independente de filosofia e ideologia política das nações. Essa é uma pequena avaliação que faço desse governo que é sério e que trabalha pra melhorar a vida dos brasileiros. A maioria dos governantes dos estados, poderiam tomar como exemplo o governo federal, mas não é o que temos visto. A vida segue…

*Jamil Merched Chaar é formado em Administração de Empresas

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar