Pesquisar
Close this search box.

Arte de viver

A vida é única e você é o único responsável pela arte de viver. Nos momentos mais difíceis, você estará sozinho… e no final de nossa jornada, também estaremos sozinhos… afinal, no caixão só cabe um corpo. Viver a vida não é apenas enfrentar as dificuldades, mas superá-las com fé e amor.

Diante de um mundo que não protege a vida humana e onde o ego se torna a armadilha dos assassinos, só podemos concluir que as liberdades individuais estão sendo enterradas. A mentira e a má-fé de vários líderes tiranos e hipócritas nos levam a concluir que a infelicidade chegou e o amor morreu. Os acontecimentos ocorridos no Rio Grande do Sul provam que devemos cuidar do planeta desprovidos de ódio e da omissão na certeza de que a produção de alimentos, bens e serviços trará as oportunidades de criação de empregos; combaterá a miséria e evitará a queda nas exportações que acaba de atingir recorde negativo.

Não vimos nenhuma melhora ao se discutir sobre ‘direitos humanos’, mas quanto ao empoderamento das mulheres, o avanço foi significativo; o que para nós é motivo de orgulho. Hoje, evitar a manipulação e o controle dos miseráveis pelos políticos inescrupulosos faz parte de nossa luta, onde só o amor constrói e alimenta o verdadeiro conceito de liberdade em seus amplos aspectos.

Vivemos num país culturalmente cristão onde enfrentar aqueles que defendem a importância da religião baseada na prática do amor e do respeito ao próximo será sempre dar um “tiro na própria alma”. Afinal, a religião está para o homem assim como o mal para os pecadores.

A evolução do ser humano não nos dotou somente de pernas e pés para jogar futebol, mas nos deu cérebro para vivermos como membros de um povo cujo objetivo é progredir e construir um mundo voltado para o trabalho sob o manto da ética comportamental e dos valores cristãos. Os indiferentes nunca souberam que em 2.500 A.C. na Mesopotâmia, seus habitantes já usavam a forma escrita hieroglífica. Hoje, o que vemos é o enterro da cultura como um todo e a prática de atos que violam nossa Carta Magna por quem deveria respeitá-la e cumpri-la. Onde o dinheiro manda, a corrupção cresce e a Justiça desaparece.

Manaus, 14 de maio de 2024.

JOSÉ ALFREDO FERREIRA DE ANDRADE 

Ex-Conselheiro Federal da OAB/AM nos Triênios 2001/2003 e 2007/2009 -OAB/AM

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar