Zona do euro registra queda nas encomendas

As encomendas à indústria na zona do euro tiveram, no mês de em dezembro de 2007 o pior mês em quase sete anos, segundo dados da agência de estatística da União Européia, o Eurostat.
As novas encomendas à indústria caíram 3,6% em dezembro ante novembro e subiram 2,1% em termos anuais. Foi o pior desempenho mensal desde a queda de 4,2% das encomendas em janeiro de 2001. A zona do euro é composta por 15 países da Europa que têm em comum o euro como unidade monetária.

Atividade
econômica

Já a atividade econômica da zona do euro mostrou alguns sinais de resistência em fevereiro, segundo os índices dos gerentes de compras da NTC Economics. O índice composto subiu inesperadamente pa­ra 52,7 este mês, da mínima de 33 meses de 51,8, em janeiro. Uma leitura acima de 50 assinala expansão da atividade.
O resultado surpreendeu o mercado, que previa queda do índice para 51,4.
O índice do setor de serviços, que contribui com cerca de 70% da economia da zona do euro, subiu de 50,6 em janeiro para 52,3 em fevereiro.
O mercado esperava que o índice fosse para 51. Já o setor manufatureiro registrou enfraquecimento, ca­indo de 52,8 em janeiro para 52,3 em fevereiro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email