O governador Wilson Lima (PSC) decidiu que não viajará mais para fora do Estado até o final do seu mandato. Isso porque ficou claro que a cada interinidade do vice-governador Carlos Almeida (PSDB) problemas surgirão, desestabilizando a gestão. Nunca é demais lembrar que desta última vez em que assumiu o governo o tucano simplesmente demitiu o secretário de Segurança Pública, Louismar Bonates. Se for extremamente necessário um deslocamento para fora do Estado, o titular deve lançar mão de uma lei antiga, que lhe da poderes para nomear o substituto em caso de necessidade. Mas para evitar problemas com a Justiça, ele deve mesmo se limitar a viagens ao interior, quando não há necessidade de substituição. Os dois estão rompidos desde maior do ano passado e o relacionamento hoje não existe mais, nem interessa e nenhum deles que seja restaurado. Almeida trabalha diuturnamente para tentar derrubar Lima da cadeira, com apoio de influentes advogados de Brasília.

TUDO OU NADA

Wilson Lima já disse a interlocutores que não deve optar por disputar outro cargo em 2022. Justamente para não passar o bastão a Carlos Almeida, ele decidiu ficar até o final do mandato e decidirá se disputa a reeleição sentado na cadeira ou apoia outro candidato. Neste último caso, os mais cotados para receberem o apoio dele seriam o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) e o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos).

TROCA DE PARTIDO

Amazonino, aliás, está em tratativas finais para trocar de partido. Ele já decidiu que não ficará no Podemos e negocia a filiação ao DEM, partido ao qual já pertenceu e aonde tem muitos amigos, inclusive o presidente nacional, Antonio Carlos Magalhães Neto. O formato desta adesão está sendo negociado.

EM ALTA

A produção de televisores no Polo Industrial de Manaus está a todo vapor. Com a saída da Sony do mercado nacional de TVs, em março de 2021, três grandes marcas – todas instaladas na Zona Franca de Manaus estão disputando o espaço deixado pela gigante japonesa nas áreas de eletrodomésticos e informática. Reportagem do site UOL aponta que “as brasileiras Britânia, Mondial e Multilaser resolveram entrar nessa disputa para crescer em tempos de pandemia e até tentar incomodar a liderança das coreanas Samsung e LG”.

PRORROGOU

auxílio
Foto: Ruan Souza / Arquivo Semcom

O prefeito David Almeida confirmou a prorrogação do “Auxílio Manauara” por mais três meses, conforme ele já havia sinalizado em março deste ano, caso a crise econômica provocada pela pandemia se mantivesse. A confirmação acontece junto com o início do pagamento da sexta parcela, iniciada hoje. Com isso, as 40 mil famílias que já recebem o benefício, permanecerão inseridas no programa, e outras 410 somam-se ao grupo beneficiado, recebendo R$ 200 mensais.

VOLTA ÀS AULAS

A Prefeitura de Manaus iniciou uma maratona de reuniões e vistorias nos prédios das unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação, com o intuito de mudar o formato das aulas a partir de agosto. A meta é que os alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental voltem a ter aulas 100% presenciais, após todos os professores receberem a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

CARTEIRA

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas vem gradualmente recuperando o ritmo de emissões das Carteiras de Pesca, após a diminuição nos números no período crítico da pandemia. Em 2020, 1.323 emissões foram registradas, sendo 1.063 para pesca esportiva e 260 para a modalidade recreativa. Em 2021, somente no primeiro semestre, o Instituto já listou cerca de 314 carteiras de pesca, com previsão de aumento a partir de agosto, quando se inicia a temporada da pesca esportiva no estado.

REVITALIZAÇÃO

Técnicos municipais estão realizando uma série de visitas a vários parques, praças e espaços públicos nesta semana para promover diagnóstico para ações de revitalização dessas áreas. Foram visitados os parques dos Bilhares, Lagoa do Japiim, Mindu, Ponta Negra, Cidade da Criança e o Centro Social Urbano do Parque 10.

SEM FURTO

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus e a Secretaria Municipal de Defesa Social apresentaram uma proposta do Termo de Ajustamento para coibir o furto e a receptação de material metálico proveniente dos serviços públicos essenciais como iluminação pública, saneamento básico, telecomunicações, entre outros. O documento foi assinado pelos órgãos que integram o Sistema de Segurança do Estado, das concessionárias de serviços e de cinco das sete maiores empresas de sucata e metalurgia da cidade. 

FRASES

“Vamos mostrar ao mundo que é plenamente possível alinhar infraestrutura com sustentabilidade.” Tarcísio Freitas, ministro da Infraestrutura, sobre a BR-319

“A fila da regulação da saúde tem mais de 100 mil pessoas no aguardo para exames, consultas e cirurgias.” Sidney Leite (PSD), deputado federal

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email