18 de abril de 2021

O deputado oposicionista Wilker Barreto (Podemos) deu a senha do que vai acontecer nos próximos dias na Assembleia Legislativa, ao discursar na sessão em que o primeiro pedido de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e de seu vice, Carlos Almeida (PTB), foi arquivado por 12 votos a seis, com cinco abstenções e uma ausência. Ele pediu ao presidente Josué Neto (PRTB) que admitisse os outros quatro pedidos de impedimento que estão na gaveta deste último. A ideia da oposição é manter o chefe do Executivo sangrando e desgastar a imagem de seus apoiadores até que eles decidam mudar de opinião. Só que isso é ruim para o Estado, porque indica que o Governo não terá paz para administrar o período pós-pandemia, que se aproxima. Resta saber como os deputados governistas vão tentar evitar isso. A coluna apurou que a alternativa mais comentada entre eles é uma sequência de ações judiciais para tentar fazer com que a Justiça contenha o ímpeto oposicionista.

ARRANCADA

O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) está abalando as estruturas na pré-campanha à Prefeitura de Manaus. Último a entrar na disputa, ele já anunciou oficialmente o apoio do Solidariedade e do PSB, em pouco mais de uma semana. E garante que vai atrair mais três partidos grandes para o seu arco de alianças.

BIOECONOMIA

Conectar pesquisadores a empresas investidoras para impulsionar soluções para a exploração sustentável da maior floresta tropical do planeta é o objetivo do Programa Prioritário de Bioeconomia, coordenado pelo Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia. Com aproximadamente R$ 1 milhão já investidos, o mecanismo garante o fomento para que a biodiversidade se transforme em produtos nas áreas de biotecnologia, tratamento de resíduos, biocosméticos, alimentos, construção civil, entre outros, na perspectiva de uma nova matriz de desenvolvimento econômico.

REFLEXÃO

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, Joelson Silva (Patriota), aproveitou o dia que antecede o aniversário de 14 anos da Lei 11.340/2006, a Maria da Penha, para propor uma grande reflexão e maior comprometimento da sociedade em geral, na prevenção e combate à violência doméstica e familiar contra a mulher.

escolas

MERENDA

Mais de 90 toneladas de alimentos estão sendo distribuídas entre as 116 escolas da rede estadual que receberão os estudantes do Ensino Médio, com atividades presenciais na próxima segunda-feira (10). Os itens são disponibilizados por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública.

BOA NOTÍCIA

A capital amazonense fechou o primeiro semestre de 2020 com redução de 3% nos casos de homicídios dolosos na comparação com igual período do ano passado. Foi o menor quantitativo de ocorrências desta natureza criminal entre os meses de janeiro e junho desde 2013, segundo os dados da Secretaria de Segurança Pública. No período, as polícias prenderam 247 pessoas suspeitas de homicídios na capital.

FORMAÇÃO

Ao retornar às atividades presenciais, na próxima segunda-feira (10), o agente administrativo Janes Souza Nascimento, da Escola Estadual Antônio Nunes Jimenez, encontrará um ambiente escolar diferenciado, com a sua unidade de ensino devidamente adaptada para receber os alunos do Ensino Médio. A fim de se preparar para essa nova realidade, ele, ao lado de outros 342 servidores da Educação, participou de uma formação voltada à monitoria e à execução dos protocolos de segurança em saúde que deverão ser adotados por toda a equipe escolar.

POLPA

Reunindo 26 agroindústrias distribuídas em 13 municípios, o segmento de produção de polpas de frutas no Amazonas recebe apoio do Governo do Estado por meio de programas de incentivo à produção rural. Exemplo disso foi verificado durante visita técnica com representantes da Secretaria de Estado de Produção Rural na Agroindústria North Polpas, que está há quatro anos no mercado de Manaus e que participa do Programa de Regionalização da Merenda Escolar, executado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável, vinculada à Sepror.

SEM FILAS

O Amazonas reduziu quase 100% da fila de espera, de oito especialidades, com o apoio do Programa Regula+Brasil do Ministério da Saúde. O programa é resultado de parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde e o Hospital Sírio Libanês. O Regula+Brasil é coordenado pelo Complexo Regulador do Amazonas, que recebe os pedidos de consulta e realiza as marcações com os especialistas. A coordenadora do Complexo, Keila do Valle, explica que a secretaria tem trabalhado para a redução na espera por consultas e que a plataforma tem sido um importante aliado.

FRASES

“Querer prejudicar a indústria da Zona Franca (de Manaus) é literalmente colocar fogo na floresta.” José Jorge Júnior, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos

“Precisamos vender para o resto do mundo a imagem do Amazonas como Brasil.” Wilson Périco, presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email