O governador do Estado, Wilson Lima (PSC), confirmou, durante abertura dos trabalhos legislativos da Assembleia Legislativa do Estado, que os pagamentos acordados junto às empresas de serviços de saúde já estão sendo feitos pelo Governo do Amazonas. “Já liberamos R$ 50 milhões para começar a pagar os fornecedores da área de saúde. Mais R$ 13 milhões estão em análise e podem ser liberados a qualquer momento, estando na dependência apenas de uma questão de documentação”, afirmou o governador. Ainda de acordo com ele, ao todo, o governo deve alcançar R$ 100 milhões em recursos aportados para pagamentos da área da saúde, se considerados os R$ 65,7 já divulgados e outros R$ 32 milhões em restos a pagar também liberados. “Além disso, estamos conversando com os fornecedores para que possamos renegociar os débitos anteriores”, destacou. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, até a manhã desta sexta-feira, R$ 26,4 milhões, dos R$ 65,7 milhões destinados para o setor em janeiro, estavam aptos. Já a Secretaria de Estado da Fazenda informou que os valores começaram a ser creditados em conta no mesmo dia. A Sefaz-AM também informou ter liquidado, nesta sexta-feira, R$ 32 milhões de restos a pagar da Susam, o que somam R$ 58,4 milhões de pagamentos em uma semana.

PANAVUEIRO

Os médicos estão divididos. Uma parte, reunida no Sindicato da categoria e no Conselho Regional de Medicina, quer paralisar os serviços não essenciais para pressionar o Governo a pagar os atrasados desde setembro do ano passado. Outra parte prefere manter as negociações com a Secretaria de Saúde, sem interromper o atendimento. No final da semana, em algumas unidades, a suspensão já ocorreu.

ACLAMADO

O deputado Josué Neto (PSD) foi aclamado presidente da Assembleia Legislativa do Estado, comandando uma Mesa diretora com seis novatos e quatro veteranos. Uma mulher será a vice-presidente pela primeira vez, Alessandra Campelo (MDB). E pela primeira vez o veteraníssimo Belarmino Lins (PP) não estará entre os novos dirigentes do Legislativo, apesar do recorde de oito mandatos.

SEM OPOSIÇÃO

Pelo menos a primeira vista, nenhum dos 24 deputados que tomaram posse na sexta-feira (1º) manifestou-se como oposição ao governador Wilson Lima (PSC). A tendência, segundo observadores atentos, é que a oposição ocorra em situações pontuais, dependendo do interesse de cada deputado.

LÍDER

O senador Eduardo Braga (MDB) foi escolhido o novo líder de seu partido, que tem a maior bancada no Senado. Concorrendo com o correligionário Dario Berguer, de Santa Catarina, ele venceu por nove votos a três. Depois da votação, o representante do Amazonas afirmou que terá a chance de usar a função para defender os interesses do Estado.

DENÚNCIA

Braga tinha tudo para fechar a semana comemorando, mas foi surpreendido por uma nova denúncia apresentada pela procuradora geral da República, Raquel Dodge, que o acusou de crime eleitoral em 2012. Ele teria pedido à construtora Odebretch doação para a campanha a prefeita da então senadora Vanessa Grazziotin (PC do B). Seria o primeiro caso de “caixa 3”.

CAMPANHA

Propondo um mandato participativo e voltado para as necessidades dos animais e da população em geral, a deputada estadual Joana D’Arc Protetora dos Animais (PR) anunciou que vai lançar um aplicativo para que a população opine sobre cada votação de que ela participará na Assembleia Legislativa.

LULA LIVRE

O deputado federal José Ricardo Weddling (PT) apareceu na primeira sessão da Câmara Federal, a de posse, segurando uma placa com a frase “Lula Livre”, assim como vários correligionários. Por conta disso, causou furor nas redes sociais em Manaus, com parte dos internautas condenando a atitude e outros concordando.

ENDEREÇO

O total de 1.766 Certidões de Endereço foram expedidas em 2018, pela Prefeitura de Manaus, por meio da Gerência de Mobilidade Urbana, do Instituto Municipal de Planejamento Urbano, com emissão da primeira via gratuita. O documento é necessário para pessoas físicas e jurídicas que precisam comprovar a oficialidade do seu endereço.

FRASES

Não farei oposição ao Governo do Estado”, Josué Neto (PSD), presidente aclamado da Assembleia Legislativa

Não vou me furtar a discutir nenhum tema”, Serafim Corrêa (PSB), deputado estadual

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email