Voo comercial liga Amazônia à Europa

Uma aeronave A330 aterrissou às 14h45 desta terça-feira (3) em Manaus e entrou para a história: pela primeira vez, a Amazônia é ligada diretamente à Europa por meio de um voo comercial. O avião da TAP, de Portugal, saiu de Lisboa às 5h30*. Uma hora depois, seguirá da capital do Amazonas até Belém (PA) e então retorna para a Europa. Manaus e Belém -ou qualquer outra capital do Norte -jamais tiveram um voo direto para a Europa.
O voo inaugural foi lançado em solenidade no saguão do aeroporto de Manaus, com a presença do governador em exercício, desembargador Ary Moutinho, do prefeito de Manaus, Arthur Neto, e do superintendente da Suframa, Thomaz Nogueira, além do presidente da TAP, Fernando Pinto. Além do executivo, desembarcaram na cidade o diretor-executivo da Associação do Turismo de Lisboa, Vitor Costa; a diretora da Associação Portuguesa dos Agentes de Viagens, Maria de Lurdes Diniz; o prefeito de Lisboa, António Costa, e o presidente da Associação do Turismo de Lisboa, Fernando Medina.
A operação aconteceu 10 dias antes do início da Copa, tendo a capital amazonense com uma das cidades-sede.
As operações acontecem três vezes por semana sempre nas terças, sextas e domingos. Os voos decolam de Lisboa às 5h30*, com previsão de pouso às 13h40 e, uma hora depois, seguem para Belém. Às 19h10, partem de Belém e aterrissam em Lisboa às 6h45 do dia seguinte (hora local). O voo direto entre o Norte do Brasil e a Europa permitirá a libertação de lugares em outras rotas operadas pela TAP no país que apresentam já alguma escassez de oferta face à elevada procura. O novo voo foi articulado pelo governo Estadual e inaugura a ligação direta do Amazonas com a Europa, facilitando a viagem de turistas de mais de 49 destinos europeus e africanos para o Estado.
Com a nova operação, a rota Manaus-Belém-Lisboa terá capacidade para transportar mais de 6,3 mil passageiros por mês. O novo trajeto já foi lançado no exterior, na Itália, em outubro do ano passado. Segundo Oreni Braga, presidente da Amazonastur, a Europa é um dos maiores emissores de turistas estrangeiros para o Amazonas. Depois dos Estados Unidos, a maioria dos visitantes vem de países como a Alemanha, Itália, Espanha, Inglaterra e Portugal.
“Com o voo direto, o tempo de viagem diminuirá de cerca de vinte e duas horas para aproximadamente nove horas, um motivo a mais para os europeus conhecerem as belezas amazônicas”, destaca ela. Segundo Oreni, a nova operação deve provocar incremento de 12% no fluxo de turistas internacionais, atualmente estimados em 400 mil. “Nossa ideia é continuar trabalhando para transformar o Amazonas no principal hub da região Norte e captar novos voos internacionais”, adiantou.
Antes, viajar do Norte do país até o velho continente exigia longas escalas em outras capitais brasileiras. Segundo a TAP, o trecho já tem 24 mil reservas antes mesmo do início das viagens.
O turismo ecológico é uma das grandes apostas da companhia portuguesa para atrair passageiros europeus até a Amazônia. Além disso, a rota é inaugurada 11 dias antes do primeiro jogo da Copa do Mundo em Manaus. No dia 14, Itália e Inglaterra enfrentam-se na Arena Amazônia.
Única sede do Norte no Mundial, Manaus receberá cinco seleções europeias –além de Itália e Inglaterra, também jogarão no Amazonas Portugal, Croácia e Suíça. Na primeira fase, apenas Salvador receberá mais europeus: sete seleções. O Rio também receberá cinco. (* horário de Brasília)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email