10 de abril de 2021

Volvo cresce no Brasil e na América Latina

Este ano, o faturamento da empresa na América Latina deve atingir valor superior a US$ 320 milhões -um novo recorde-, enquanto o volume de máquinas, em torno de 2.000 unidades.

Presente no Brasil desde 1975, durante o período da fábrica da Clark & Michigan, em Pederneiras, interior de São Paulo, a unidade brasileira da Volvo Construction Equipment vem assumindo um papel cada vez mais importante no mercado latino-americano e dentro do Grupo Volvo.

Atualmente, a Volvo Construction Equipment Latin America é responsável pelos negócios de equipamentos da marca em toda a América Latina e sua participação corresponde a cerca de 5% das vendas globais.

Sediada em Curitiba, no Paraná, a Volvo CE LA vem gradativamente aumentando sua oferta de produtos no continente. Em 1998, a linha de produtos era formada pelas carregadeiras da série “L”, pelos caminhões articulados A25C e A35C, pelas motoniveladoras 710, 720, 730 e 740, e pelas escavadeiras Volvo-Sansung.

Em 2000, a empresa já avançava no mercado, lançando as carregadeiras L50D e L70D, duas novas motoniveladoras e três modelos de escavadeiras. É naquele ano que a fábrica de Pederneiras começa a produzir motoniveladoras.

Em 2001, a empresa lança uma nova série de motoniveladoras, e a fábrica local já produzia três das principais linhas de produtos da marca: carregadeiras, caminhões articulados e motoniveladoras. A reformulação completa da linha ocorreria no fim do ano, com a apresentação dos novos modelos, com design mais avançado.

Data deste mesmo período a inauguração do Centro de Demonstrações dentro da planta da fábrica da Volvo do Brasil, em Curitiba. O Customer Center reproduz, muito próximas da realidade, as condições em que os equipamentos são utilizados pelos seus usuários.
Com crescimento dos negócios da Volvo CE LA na América Latina em 2007, o faturamento deverá alcançar valor superior a US$ 320 milhões, estabelecendo um novo recorde. O volume de máquinas deverá ficar em torno de 2.000 unidades neste ano. “Com a continuidade da valorização das matérias-primas minerais e agrícolas, o mercado deverá continuar sendo favorável para o setor, ao mesmo tempo em que o crescimento econômico da América Latina está ressaltando a cada dia a necessidade de investimentos em infra-estrutura em geral”, disse Kawakami. Em vários países da região observa-se crescentes reivindicações por melhorias das estruturas viárias e urbanas para sustentar o crescimento. “Neste cenário favorável, a Volvo CE LA tem investido na introdução de novas linhas de produtos para ampliar a sua participação nos diversos segmentos de mercado”, observou o presidente.

Depois de alcançar um reconhecimento no mercado de máquinas pesadas, a marca também iniciou a sua investida no segmento de máquinas compactas, com o lançamento da minicarregadeira Volvo, de fabricação nacional, em agosto último.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email