Volume de alimentos exportados cai 6,8%

O volume de alimentos exportados pela Argentina registrou queda de 6,8% no primeiro semestre de 2008, ante o mesmo período do ano anterior, ficando em 15,3 milhões de toneladas, informou na segunda-feira a consultoria IES.
O valor das vendas, por sua vez, subiu 46,2% na mesma base de comparação, atingindo US$ 7.254 bilhões.

Greves comerciais

As cifras refletem o impacto do conflito do setor agrário, que entre os meses de março e junho realizaram quatro greves comerciais e vários bloqueios com caminhões nas estradas do país em resposta a um sistema de impostos à exportação de grãos, que depois foi anulado pelo Parlamento.
A IES indicou que “o valor médio” de cada tonelada de alimento exportado pelo país alcançou US$ 473.40, o que significa um aumento de 56,9% sobre o primeiro semestre de 2007.
Dos alimentos exportados, 46,3% são de grãos, 45% de óleos vegetais, 5,3% de lácteos, 3,2% de farinhas em geral e 0,2% de açúcar. O principal destino dos produtos foi a China, com 10,7% do valor e 5% do volume.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email