Acredito que por muitas ocasiões, nos encontramos: indignados, estarrecidos e perplexos com os absurdos que nos são apresentados, mesmo de forma indireta; neste instante acabei de me lembrar de uma música muito conhecida e cantada aos quatro cantos que diz: Que país é este?
Desprovidos, injustiçados e sem a oportunidade devida, vagam em busca da sobrevivência defendida pelos poderosos políticos, mas não materializada por iniciativas coerentes. Na última semana me deparei com uma situação no mínimo chocante; percebi a entrada de um casal de jovens, ambos muito humildes, adentrando um ambiente para venderem, jornais velhos; um fato que deve ser ressaltado que a acompanhante deste rapaz se encontra gestante. Neste momento, realmente veio a tona, os dissabores de uma nação movida por inverdades, falsos moralistas, projetos inacabados ou de cunho pessoal em detrimento de alguns que participam da divisão do “bolo”(termo comum para encobrir falcatruas e acesso a dinheiro fácil). Como se não bastasse todo este contexto o chamado comprador ou dono do estabelecimento, de forma sorrateira tentou ludibriar o fruto de um trabalho acredito de muitas horas coletado, determinando um valor inferior, ao que era devido. (nunca estamos longe dos plantonistas da “Lei de Gerson”, sempre em busca de se levar vantagem em tudo); a este comerciante podemos juntar: Renan Calheiros, Ricardo Teixeira e muitos outros, frutos do cinismo nacional.
Que país é este, que órgãos e agências reguladoras do serviço público desconhecem seu real papel e função, utilizando das emissoras de televisão para propagar tão somente inverdades e mentiras. Que o diga a crise do setor aéreo que se estende há quase um ano e nada de concreto foi feito. Contudo, todos estes aspectos mencionados poderiam ser evitados se estivéssemos diante de um país no mínimo ético, com parâmetros éticos exercidos e exercitados constantemente.

Ética como diferencial

Quando falamos em ética estamos a ressaltar nossos valores, aqueles que foram nos ensinados quando crianças como: respeito, dignidade, educação e tudo mais que nos conduz a boa conduta, tanto na vida pessoal quanto na profissional..
A ética profissional requer confidência, discrição, respeito hierárquico, diplomacia e feeling com clientes, concorrente, fornecedores, subordinados, funcionários e todos que participam diretamente ou indiretamente do dia-a-dia.
Dentro da atividade a que se propôs dedicar a lealdade deve ser total, não se admite que alguém que tenha acesso a detalhes reservados, use-os em benefício próprio, para parentes e amigos, fazendo tráfico de influência, criando dificuldades para “vender” facilidades.
O profissional moderno por sua vez participa de muitos segredos da organização, tem acesso a dados confidências, planejamentos estratégicos, formulação de custos e demais numerários que estão intimamente ligados à alta administração e a viabilização da empresa no mercado como um todo.
Deve se fazer parte do “código de ética” não revelar os segredos comerciais e ou outros da organização durante ou depois do período de permanência nesta.
As organizações em geral estão buscando profissionais éticos, preparados e dispostos a oferecer o “algo mais”, ou seja, realizadores com eficácia, não só envolvidos com os objetivos mas sobretudo comprometidos em realizar sua função de forma a surpreender a própria eficiência, focados nos padrões éticos.

Up & Na berlinda:

Up!
* Dia dos Pais.
Comentário: Data festiva, comemorativa e apropriada para valorizarmos aqueles que nos municiou de valores e atitudes éticas.

Na berlinda:

* A explicação do inexplicável.
Comentário: O que é a concessão de mais uma emissora de rádio, perto de tanta mentira, de quem está nos colocando um nariz de palhaço a quase três meses.Nada tão inexplicável.
Acreditando sempre que: Pessoas que movem… Precisam ser movidas.

Esta coluna é publicada às sextas-feiras e é
elaborada so

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email