Visão & Motivação – Qualidade e competitividade 2

O mundo do trabalho vivenciou diversos momentos da administração, desenvolvendo ferramentas e processos de gestão para qualidade.

O mundo do trabalho vivenciou diversos momentos da administração, desenvolvendo ferramentas e processos de gestão para qualidade, obviamente que muito modismo foi introduzido como uma invenção mirabolante, porém sua execução em alguns momentos se mostrou vulnerável; e inconsistente, “travando”processos e habilidades gerenciais.
Todavia a necessidade constante de se inovar e buscar soluções nos permite desenvolver mecanismos internos que busquem solidificar: produto, marca e valor percebido através da qualidade implícita ou explicita nestes. Vejamos a seguir aspectos fundamentais para Qualidade e Competitividade.

Qualidade interna e externa
A qualidade interna, que constitui a maneira pela qual uma organização administra a qualidade de seus processos, produtos ou serviços e a qualidade externa, que constitui a percepção que o cliente, consumidor ou usuário tem a respeito do produto ou serviço que compra e utiliza. Não resta dúvida de que, sem a qualidade interna, não se pode constituir e manter a imagem da qualidade externa.

Melhoria contínua
O que melhor se destaca na melhoria contínua é a tentativa de manter uma vantagem na qualidade ao longo do tempo sempre em busca de novos meios para ampliar o desempenho atual. A sua filosofia é que cada pessoa nunca deve estar satisfeita com o que faz, mas estar sempre na busca constante do aperfeiçoamento, para os japoneses o chamado Kaizen é a alma de seu negócio.

Qualidade total
A busca constante de auto-superação e o contínuo aperfeiçoamento é a filosofia da gestão da Qualidade Total, pois se pressupõe que o envolvimento e participação de todos os níveis da organização e a busca da melhoria constante e contínua, traz resultados concretos como comprovam as empresas bem-sucedidas do mundo atual.

Técnicas de qualidade total
Benchmarking: Técnica utilizada para comparar processos importantes com as melhores pratica mundial e coletar informações necessárias de modo que sejam, referências válidas para fazer mudanças inteligentes dentro da organização. Permite comparações de processos e praticas entre as organizações para identificar o “melhor do melhor”, e alcançar um nível de superioridade ou de vantagem competitiva.
Terceirização (ou outsourcing): Representa uma transformação de custos fixos em custos variáveis. Na prática, uma enorme simplificação do processo de decisão dentro das organizações e uma focalização cada vez maior no core business e nos aspectos essenciais do negócio.
Redução do ciclo de tempo: O conceito de fábrica enxuta e de Just-in-time está baseado no ciclo de tempo reduzido. E, á sua frente, estão as estratégias baseadas no tempo. A redução do ciclo de tempo melhora o desempenho global da empresa e reflete diretamente na qualidade.

ISO relacionada com a competitividade organizacional
O alcance de objetivos de qualidade em todos os níveis organizacionais e em todos os aspectos das operações é considerado um dos critérios universais do desempenho organizacional sejam em organizações manufaturadas ou de serviços. As demandas competitivas de uma economia globalizada constituem uma importante força na corrida para a chamada Qualidade Total. A certificação na ISO vem somar um atestado (através de certificados) de que a empresa está em condições de produzir qualidade. Entre outras que atestam também o Cuidado Ambiental (ISO 14000). Com isso as organizações entram em uma competitividade para oferecer produtos e serviços melhores e mais baratos, mais adequados às necessidades e expectativas do mercado, trazendo soluções inovadoras.

Foco da Semana:
Não perca tempo. “Esteja sempre empregado em alguma coisa útil, despreze todas as ações desnecessárias.”
Autor. Benjamin Franklin

Up & Na berlinda:
Up!
• Ambientes de aprendizagem.
Comentário: Empresas modernas e competitivas impregnam o princípio da qualidade em seus membros através da formação e conscientização destes.

Na berlinda:
• Qualidade das universidades.
Comentário: O grande

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email