Visa apresenta cartão para o segmento de frotas rodoviárias

A Visa Inc. lançou o Visa Cargo, um cartão multi-aplicativo desenvolvido no Brasil para atender as necessidades do segmento de frotas rodoviárias, tornando os pagamentos neste segmento mais eficientes, rápidos e econômicos. O produto permite às embarcadoras e transportadoras carregar o valor do frete diretamente no cartão para que caminhoneiros autônomos possam efetuar despesas durante a viagem. Além disso, o cartão possui a funcionalidade do Visa Vale Pedágio, que possibilita o pagamento de pedágios de todo o país com um mesmo plástico. O cartão substitui meios de pagamento como a “Carta Frete” e elimina a ação de intermediários, que descontam cerca de 20% dos valores dos pagamentos dos caminhoneiros.
“O Visa Cargo reduz significativamente os custos envolvidos no trabalho do caminhoneiro, gerando um impacto positivo na renda destes, além de trazer muito mais controle e redução de fraudes para as embarcadoras e transportadoras”, comentou o diretor-executivo de Produtos da Visa do Brasil, Percival Jatobá. “Uma das principais estratégias de negócio da Visa é incentivar a migração de pagamentos para meios eletrônicos que gerem maior transparência, praticidade e redução de custos para toda a cadeia. O Visa Cargo é um bom exemplo, pois além de suprir as demandas deste segmento, traz simplicidade e segurança aos seus usuários”, finalizou o executivo.
Aceito em mais de 1,6 milhão de estabelecimentos, incluindo postos de gasolina, restaurantes, oficinas mecânicas e borracharias, o Visa Cargo contará opcionalmente com os benefícios de “Extensão de Garantia”, “Proteção de Compra” e seguros, que trarão mais tranquilidade à viagem do motorista de caminhão. Também de forma opcional, o cartão Visa Cargo oferecerá uma linha de crédito permitindo que o caminhoneiro possa investir na manutenção de seu caminhão e despesas do cotidiano.
Para as transportadoras e embarcadoras, o Visa Cargo significa simplificação em seus processos de pagamento e, consequentemente, redução de custo operacional. O cartão também permite um maior controle de seu fluxo de caixa e uma redução significativa de fraudes.
Com todas essas vantagens, o objetivo da Visa é fazer com que esse lançamento incentive a bancarização dos mais de um milhão de motoristas de carga rodoviária – segundo estudo apresentado pela empresa de consultoria Deloitte Touche Tohmatsu – que em sua maioria encontra-se às margens da economia formal. No Brasil, o transporte rodoviário é responsável por 52% de toda a carga trafegada no país e o mercado de frete possui um potencial para movimentar US$ 48.3 bilhões. Desses, apenas US$ 13.8 bilhões são contabilizados na economia formal e o restante, US$ 34.5 bilhões vão para o mercado informal1. Ao contribuir com a transparência do segmento, trazendo mais pessoas para a economia formal, todos os envolvidos no sistema financeiro, governo, comerciantes e empresas serão beneficiados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email