27 de junho de 2022

Viagens de brasileiro à América Latina e ao Caribe superam as da pré-pandemia

O turismo nas regiões de América Latina e Caribe reaqueceu, segundo dados da Visa Consulting & Analytics (VCA). A consultoria analisou as transações presenciais realizadas com credenciais Visa nas duas regiões nos meses de março de 2020 (antes das medidas sanitárias implementadas por causa da covid) e março de 2022 e identificou um aumento nas transações presenciais e cross-border (fora do país de emissão do cartão). No período, houve um crescimento médio superior a 86% no número de transações cross-border. 

“Os turistas internacionais estão usando mais as credenciais Visa para fazer pagamentos em suas viagens à América Latina e ao Caribe. Isso é reflexo de uma maior assimilação dos benefícios atrelados ao uso de pagamentos digitais, como segurança e conveniência, mas também do aumento da aceitação, se comparada aos anos anteriores. Cartões e credenciais digitais se tornaram algo comum no dia a dia do consumidor e nas viagens”, afirma Javier Vázquez, diretor regional de Visa Consulting & Analytics para a América Latina e o Caribe.  

Além de segurança e conveniência, outro ponto de destaque da análise de VCA é que o viajante também está se beneficiando de novas tecnologias. Os pagamentos cross-border com a tecnologia por aproximação também cresceram em relação a março de 2020 — cerca de 53% em toda a América Latina e Caribe. Isso é reflexo direto da maior adoção da tecnologia e do aumento no número de estabelecimentos comerciais habilitados a receber esse tipo de pagamento. Entre os países que apresentaram os maiores crescimentos no número de transações cross-border por aproximação no período analisado estão Guatemala, Honduras, El Salvador, República Dominicana e Panamá. 

A análise foi realizada com base em dados transacionais da VisaNet de março de 2020 e março de 2022, comparando o número de transações, o gasto nominal em dólares e o número de credenciais Visa realizando transações durante o período e o país especificado. 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email