7 de maio de 2021

Vetrina di Itália é inaugurado

Quer comer da deliciosa culinária da ‘bella’ Itália? E sem precisar viajar até o distante país europeu? Inaugura hoje a Vetrina di Itália, na rua Salvador, 449, Salvador Mall, ao lado do Vitello, em Adrianópolis, disponibilizando um cardápio totalmente italiano.

A casa é a realização de um sonho da empresária Caroline Nijenhuis De Santis, que trouxe da Lombardia, no norte da Itália, o chef Daniel Buzzi, para comandar a cozinha, os ingredientes e a matéria-prima utilizada na preparação das iguarias.

“Massa sempre foi uma paixão minha, mas dentro desse universo, escolhi um segmento novo para Manaus. Um pastifício que, diferente de um restaurante, consegue chegar dentro da casa das pessoas de uma forma especial, levando praticidade, tradição, amor e alegria em forma de comida”, falou Caroline.

“Assim, os clientes irão viver momentos de intensa felicidade, juntos, reunidos em torno de uma mesa farta e com comida da melhor qualidade, e poderão viver uma nova experiência ao acompanhar o preparo dos pratos e depois degustá-los”, completou.

O interessante da Vetrina di Itália, além dos ingredientes italianos tradicionais e sabores convencionais e não convencionais, contemporâneos e com um toque homemade, é a loja não ter mesas, funcionando apenas com o sistema de compra e retirada no balcão.

“Apesar de a pandemia ter trazido esse conceito de negócio, essa não foi a razão de eu abrir um pastifício com esse sistema. Eu sempre soube que seria assim: comprar e finalizar em casa. Seja para uma refeição a dois, em família ou com amigos, quero que o cliente tenha uma experiência completa e com fácil preparação. Entradas, massas, sobremesas e bebidas”, explicou.

Cozinha totalmente aberta  

Criada e construída em meio a uma pandemia, segundo Caroline, a Vetrina di Itália se mostrou um desafio em dobro, mas a gastronomia e a inovação dos produtos buscaram superar as adversidades.

“Foi, no mínimo, desafiador e inesperado. A vontade de trabalhar com massas já existia, porém num formato bem mais enxuto. Após o contato com o chef Daniel Buzzi, o negócio ficou mais complexo, porém, melhor. Decidi apostar, mas com os pés no chão. Crescer na crise é motivo de gratidão quando tantos fecharam as portas”, lembrou.

Caroline De Santis trouxe da Lombardia, no norte da Itália, o chef Daniel Buzzi, para comandar a cozinha

A Vetrina di Itália disponibilizará aos clientes molhos e reduções aperfeiçoados por Daniel, massas feitas à mão e preparadas a partir de receitas famosas até desconstruções ou releituras minimalistas exclusivas do chef. O conceito é que o cliente faça suas próprias experiências gastronômicas, apreciando o sabor italiano.

“Usaremos farinha e sêmola italianas e ingredientes que vêm de São Paulo, bem como alguns produtos, temperos e elementos regionais”, informou.

“Para ter ainda mais a Itália ‘no prato’ precisamos diversificar o cardápio, então ofereceremos algumas opções de vinhos e o tradicional queijo Grana Padano, bem como o prosciutto (tipo de presunto) de Parma e a mortadela Giulieta”, adiantou. 

Além destes, massas frescas, recheios, molhos, pastas e antepastos, panificação e sobremesas, tudo preparado por Daniel e sua equipe, alguns itens em parceria com a cozinha da Com Chef, empresa do grupo familiar, também proprietário do Molen Cafés Especiais.

A cozinha da Vetrina di Itália é totalmente aberta, com amplos balcões em inox, e vidros, para que os clientes possam observar a equipe trabalhando. A loja funcionará de segunda-feira a sábado, das 10h às 19h e, aos domingos, das 10h às 14h.

Algumas delícias

Pães. Todos fabricados na loja, inicialmente com cinco variações. A Focaccia será a rainha dos pães, reunindo água, farinha, sal e azeite. Complexa e crocante, na versão Vetrina terá uma com cobertura de pomodorini e basílico, e outra com cebola caramelizada. Para completar: Pane Rústico Italiano, Tortano de Calabresa e Pane al Cioccolato.

Doces. Crostata al Cioccolato e Tiramisú, este, produzido com o verdadeiro mascarpone batido. Baba, sobremesa típica de Nápoles, que lembra a textura de um panetone com formato de cogumelo. O segredo é encharcar em uma calda com base alcoólica e servir com chantilly e frutas frescas.

Molhos (sughi). A loja oferecerá Burro e Sálvia, o clássico Pomodoro e Basílico, Pesto Genovese, Alfredo no Grana Padano, Bolognese, Burro al Limone Siciliano, Sugo Napoletano e Boscaiola. O Sugo Napoletano vem de longa tradição em Nápoles, com vários cortes de carne, Pomodoro Pelati e peperoncino à vontade. Na Vetrina, o sugo será indicado para ser servido com um longo rigatoni e finalizado com uma chuva de queijo Grana Padano.

Antepastos. Burrata, Caponata, Sardela, prosciutto di Parma e mortadela Giulieta.

Pastas. Gnocchi de mandioquinha, gnocchetti sardi, casarecce, fusilli, tagliatelle, pappardelle e spaghetti alla chitarra.

Pasta Box. O cliente escolhe uma massa, molho, queijo e pão, por exemplo, com sugestões do chef, ou o próprio cliente pode montar sua Pasta Box.

Massa recheada. Ravioli com ricota e espinafre.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email