Vendas de motocicletas recuam no início de julho

Segundo levantamento divulgado pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam, foram emplacadas 64.200 motocicletas na primeira quinzena de julho, correspondendo a uma queda de 2,3% em comparação com o mesmo período de 2012 (65.742). Sobre o mês anterior, houve um recuo de 3,5%, com 66.534 unidades.
Com 11 dias úteis de vendas, o período apresentou uma média diária de 5.836 motocicletas comercializadas, o que corresponde a menos 12% em relação a junho (6.653 unidades), que teve um dia útil a menos.
“As vendas mostram uma retração entre as quinzenas iniciais de junho e julho, decorrente da manutenção da alta seletividade na concessão de financiamentos. Todavia, também é preciso considerar os impactos do feriado prolongado de 9 de julho, especificamente no Estado de São Paulo, um mercado significativo, que certamente teve influência nos resultados nacionais. Considerando-se o ritmo diário de vendas e os dias úteis da segunda quinzena do mês, as projeções da Abraciclo indicam que o volume total no fechamento de julho poderá se equiparar ao mês de junho”, comenta José Eduardo Gonçalves, diretor executivo da entidade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email