O ser humano é hábil na arte de autoenganar-se. Movido pela própria fraqueza ou pela vontade de autoiludir-se, inventa mil maneiras de viver vãs ilusões no mundo-escola. Se alguém nos ofende e passamos a nutrir por esse alguém grande ódio, estamos nos iludindo com a ideia de que, ingerindo veneno, prejudicaremos o nosso agressor.

O corrosivo do ódio destrói primeiro quem o fabrica. Aquele que pensa ser livre para fazer o quê quiser e quando quiser, sem ter que prestar contas dos seus atos, está se autoenganando, pois a lei universal de causa e efeito, não isenta ninguém de colher os frutos do quê semeou.

Há pessoas para as quais o autoengano chega a tal ponto, que dizem: Se eu morrer um dia… Existem pessoas que realmente acreditam que a morte jamais as escolherá e vivem a ilusão de que não precisam pensar no que lhes vai acontecer do outro lado do túmulo.

Pessoas que pensam assim perdem a oportunidade de viver conscientemente e cruzar a aduana do túmulo com a lucidez de um ser imortal. Quando a morte chega, as encontra como crianças que brincam de viver e vivem a autoilusao de que não há horizontes além do plano físico.

Por todos esses motivos, vale a pena retirar o véu intencionalmente colocado sobre a própria razão. Com a finalidade de esclarecer quem é o ser humano e para que veio ao planeta Terra, o Racionalismo Cristão orienta, fortalece e espiritualiza as pessoas, tirando suas dúvidas e ilusões sobre a vida terrena.

Abrindo novos horizontes para o conhecimento do que é transcendente, orientá-nos sobre a importância de nós conhecermos como Força e Matéria e, sabermos com profundidade dos nossos sentimentos, das nossas aspirações, dos nossos pensamentos.

Enfim, os conhecimentos racionalistas cristãos trazem ‘a tona aspectos de uma realidade mais profunda, direcionando-nos com lucidez no cumprimento de nossos deveres abraçados no mundo astral, sem desânimo, sem vãs ilusões.

*Jamil Merched Chaar é formado em Administração de Empresas

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email