7 de março de 2021

Levantamento realizado pela Nielsen mostra que houve aumento de 13,6% nas vendas no varejo no primeiro semestre de 2020 em relação ao ano passado. Os dados levam em consideração o acumulado do período desde janeiro até o 26 de julho nos setores: autosserviços, atacarejo e farmácias. As três categorias juntas configuram o que a Nielsen chama de Varejo Moderno.

O atacarejo é o setor que apresenta maior destaque, com crescimento de 21,3%. Enquanto isso, a categoria de farmácias aparece com menor crescimento, de apenas 6,9% com relação ao faturamento.

Julho de 2020

De acordo com o levantamento, o atacarejo sozinho representa um ⅓ das vendas do período e registrou 34,3% em ganho de importância em julho. Além disso, também neste mês, registrou 31,5% de crescimento em vendas com relação ao mesmo período do ano passado.

Vendas por cesta de produtos

Em julho de 2020, todas as cestas de produtos tiveram crescimento com relação ao mesmo período do ano passado.

O destaque, no entanto, está para as categorias perecíveis frescos, mercearia e commodities, que representam ½ do resultado positivo do período.

Dessa forma, dentre os que obtiveram maior crescimento comparativo para faturamento, o destaque está para eletrônicos, com crescimento de 37,1%.

Produtos

De acordo com o levantamento da Nielsen, dentre as categorias do varejo moderno, alguns produtos se destacam como positivos. Entre eles: leite asséptico, industrializados de carne, cortes bovinos, cervejas e aparelhos celulares.

Apesar de uma boa performance, em geral, os seguintes produtos tiveram resultados negativos em julho de 2020: bronzeadores, pneus e gomas de mascar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email