Varejo digital ganha mais espaço

A B2W, empresa de comércio eletrônico criada com a fusão entre Submarino, Shoptime, Americanas.com., quer ampliar sua atuação no segmento de entrega de alimentos em 2021, após fazer parcerias no ano passado, o que inclui além de entrega de itens de supermercado, refeições de restaurantes, afirmaram executivos da empresa.

“Fizemos as parcerias para entendermos esse mercado, mas pretendemos expandir daqui para frente”, afirmou o diretor de relações com investidores da B2W, Raoni Lapagesse, em teleconferência com analistas.

“Tem uma série de oportunidades para categorias de alta frequência (de compras)”, acrescentou sem dar detalhes.

A B2W divulgou na noite da véspera que o grupo controlador de sites como Americanas.com e Submarino conseguiu gerar caixa pelo segundo ano seguido em 2020, alcançando R$ 306 milhões, impulsionada em parte pelo forte crescimento do comércio eletrônico após a chegada da pandemia ao país.

O segmento de supermercados é o mais recente a ser abraçado pelo comércio eletrônico nacional, com grupos tradicionais do setor, como Pão de Açúcar e Carrefour, acelerando no ano passado em vários anos suas estratégias para o segmento.

Segundo Lapagesse, entre os parceiros do marketplace da B2W estão o próprio Carrefour, além das redes BIG e Makro.

O executivo afirmou que a empresa notou uma desaceleração do mercado nacional neste ano, mas afirmou que a B2W “está na contramão e está ganhando participação”, mas não deu detalhes.

Frete grátis da B2W

Questionado sobre a política de frete grátis da companhia, Lapagesse comentou que não é um evento promocional, mas uma política da empresa, que cobra coparticipação dos vendedores.

Segundo o executivo, a oferta de entrega gratuita está sendo feita “de forma estruturada e é sustentável”. São novas políticas que não têm prazo de vigência, atreladas a melhoria de serviço e entrega mais rápida”.

Além disso, o executivo comentou que a B2W “está muito satisfeita” com os resultados da oferta de cashback aos usuários do app de pagamentos Ame, que tem se mostrado uma ferramenta mais eficiente para fomentar a lealdade dos clientes.

Às 14h41 de sexta-feira, as ações da B2W, que discute a união de suas operações com a controladora Lojas Americanas, exibiam queda de 3,28%, entre as principais baixas do Ibovespa, que mostrava valorização de 1,86% no momento.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email