Vanessa nega omissão federal em relação ao PIM

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM) promoveu, na tarde de segunda-feira (3), a última rodada de reuniões-almoços com os candidatos. A convidada do dia foi a candidata do PCdoB, Vanessa Grazziotin.
No encontro, a senadora respondeu às críticas do deputado Francisco Praciano (PT) que, em entrevista publicada no Jornal do Commercio de segunda-feira (3), cobrou pulso forte da bancada amazonense e acusou o governo federal de ser omisso em relação à Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) movida pelo governo de São Paulo contra o Amazonas, mesmo sendo do mesmo partido da presidente Dilma. De acordo com Vanessa, a luta para defender o Polo Industrial de Manaus não cabe ao Legislativo.
“Infelizmente, à revelia da legislação, São Paulo insiste em promover a guerra fiscal, o que prejudica enormemente a todos nós do Estado do Amazonas. A única coisa que a bancada federal tem que fazer em relação a essas atitudes arbitrárias, ilegais e inconstitucionais cometidas, principalmente pelo Estado de São Paulo, é estar ao lado do governador, ao lado da prefeitura e fortalecer a luta do Poder Judiciário, principalmente para mostrar que a decisão não cabe ao parlamento, a decisão cabe ao Poder Judiciário”, declarou Vanessa.
Questionada sobre a suposta omissão do governo Dilma Rousseff na defesa do PIM, a candidata citou um ajuste na Lei de Informática como uma das medidas do Executivo em favor da Zona Franca.
“Não há omissão, pelo contrário. Eu acho que a Medida Provisória dos tablets, por exemplo, apenas incluiu os tablets na Lei de Informática. Apenas isso, porque a Lei de Informática sim foi extremamente prejudicial bem lá atrás. Só que ao tempo que nós incluímos, nós colocamos uma vantagem a mais para o Amazonas, que foi o crédito de 1%, que segundo todas as empresas aqui instaladas, é suficiente para manter a nossa competitividade”, explicou.
Já o presidente da CDL-Manaus, Ralph Assayag, ressaltou a importância dos lojistas no Estado. De acordo com as palavras de Assayag, o comércio é mais importante para a economia local que o próprio polo industrial.
“O comércio, ao contrário da Zona Franca de Manaus, não recebe qualquer tipo de incentivo e possui o dobro de trabalhadores com carteira assinada em relação à indústria”, destacou.

Propostas

Falando como candidata à Prefeitura de Manaus, Vanessa Grazziotin defendeu que a parceria entre as três esferas do Poder, além da iniciativa privada, poderá trazer para Manaus um novo conceito de administração. Entre as propostas de gestão, ela afirmou que, caso eleita, dividirá a cidade em quatro zonas administrativas, o que chamou de ‘administrações regionais’.
“Temos que moldar o serviço público tal qual a iniciativa privada. Temos que trazer modernidade à administração”, defendeu a comunista.
Antes do término da entrevista, no entanto, a senadora deixou as dependências da CDL e embarcou para Brasília, onde participará de um encontro com candidatas a prefeita de todo o país, promovido pela ministra do Planejamento, Mirian Belchior. O candidato a vice na chapa de Vanessa, Vital Melo (PT), deu continuidade ao debate.

Água

Outra questão discutida na coletiva foi o problema da água na capital amazonense. Bastante explorado por todos os candidatos, o precário abastecimento de água iria ganhar um reforço especial neste fim de semana, com a instalação de 16 torneiras que, segundo a promessa, irão jorrar água de forma gratuita no bairro Nova Floresta, na zona leste. A água já deveria começar a ser distribuída na segunda-feira (3), mas a ação não foi concretizada e nem uma gota foi disponibilizada no dia marcado pelo senador Eduardo Braga e pelo governador Omar Aziz.
A obra é uma iniciativa do governador, líder de Vanessa Grazziotin, e faz parte do Proama (Programa Água para Manaus). O serviço servirá como medida paliativa enquanto o governo do Estado, prefeitura e empresa concessionária não entram em acordo sobre a forma de utilização do Proama.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email