Uau! Dezembro de 2020. Um ano desafiador e cheio de inseguranças, medos, incertezas e tantos sentimentos que podem nos afastar da busca de viver uma vida de sucesso com felicidade. Existe em você uma pessoa entusiasmada em ser feliz e descobrir a sua melhor versão diariamente, mesmo com tantas adversidades e dificuldades externas?

O que gostaria de trazer é uma reflexão sobre como nossos comportamentos estão relacionados a nossa felicidade, como nossas atitudes influenciam no nosso dia a dia, em busca de algo que para muitos pode ser simples, e para outros parece ser tão complicado a ponto de nem perceber que frente aos problemas, também existem oportunidades escondidas.

Neste sentido, um dos pontos mais importantes a ser destacado não diz respeito ao conceito do que é, mas sim, ao que cada um considera como um “momento” de felicidade. Pode até se discutir sobre o grau, o nível, ou o tamanho da felicidade de cada pessoa, porém entendo que o que realmente interessa é o que há de comum em todas as avaliações, que é a certeza de que este sentimento faz muito, muito bem, a todos que o experimenta.

E aqui mais uma vez é preciso ressaltar que apesar de todas as circunstâncias, ambiente e dificuldades externas, fica cada vez mais claro que cada um de nós é responsável por sua própria felicidade, algo conhecido como “locus” de controle interno ou autorresponsabilidade. 

Vejamos alguns exemplos, ainda que alguém ganhe um ótimo presente de aniversário, ouça uma declaração de amor ou receba uma promoção no trabalho, que são situações que deixaria muitas pessoas felizes, ainda assim, depende única e exclusivamente de cada um “sentir”.  Portanto, não é algo que possa ser dado, nem tampouco comprado por alguém. É algo que está dentro de você e não fora.

Quantas pessoas diante de um presente, ao invés de ficar feliz com o que ganhou, fica infeliz pelo o que faltou. Quantas pessoas diante de uma declaração de amor, fica na tristeza de não ter recebido flores ao invés da felicidade de ser amado. Quantas pessoas diante de uma promoção profissional fica ansioso pela próxima escada ao invés de aproveitar o nível atual. Percebe que muito estão presos no passado, outros angustiados pelo futuro, perdendo o presente de ser feliz com o presente do agora?

Algumas pessoas dizem que não estão felizes por causa do trabalho, outras pelos estudos, que não estão felizes por seu esposo (a), por um problema no carro, ou por não ter um carro. Não estão felizes porque estão desempregados, estão às vezes longe da família, ou porque não tem uma casa ou toda a riqueza que gostariam. Vale lembrar novamente que nada disso está dentro de você. Problemas e dificuldades sempre vão existir, se entristecer pode ser inevitável, mas você pode passar por esses momentos sem tanto sofrimento.

Em 2020, mais do que qualquer outro ano na história, viver o presente e entender que a vida é um sopro pode ter despertado a felicidade em muitos e pode ter intensificado uma doença emocional em muito, depende para onde cada um colocou o holofote.

Minha proposta é pensarmos que apesar de todas as dores, perdas, medos, chegamos até aqui e estamos a porta de um novo ano e podemos renovar os sonhos, os objetivos e as metas, pois estes rituais no dão fôlego e aumentam a energia para novos desafios e com eles novas possibilidades de sermos e nos mantermos internamente felizes.

Uma dica que me ajuda é não procurar a felicidade nas coisas grandes, mas sim nos pequenos detalhes. Não procure em lugares distantes, mas perto. Não procure em momentos futuros, procure no agora. Não espere o extraordinário, veja o simples e você poderá encontrar toda a felicidade ao seu redor.

Outra boa dica é encontrar no que já existe e não no que falta. Ficar feliz com que tem e não no que ainda quer conquistar. Ter felicidade com as pessoas ao seu lado e não pelas que lhes faltam aqui.  

Vou utilizar um formato bastante conhecido do coaching para apresentar um caminho que pode ser seguido, que é a tríade do sucesso: Ser, Fazer e Ter.

Ser você mesmo: o primeiro passo a ser dado é o do autoconhecimento. Quanto mais nos conhecemos, mais entendemos aquilo que nos agrada, reconhecemos a influência que nosso trabalho, professores, clientes, fornecedores, amigos, parentes e família exercem sobre nós, e como gera sentimentos distintos. Por isso a importância de saber lidar com esses sentimentos é fundamental. Assim como você sofre influência também influenciará cada um deles. Por isso seja educado, responsável, compreensivo, humilde, amável e otimista para tornar suas relações mais saudáveis. Seja feliz com a pessoa que você é e as pessoas serão felizes por compartilhar da sua companhia.

Fazer o bem: uma vez que se conheça melhor você pode começar a agir e fazer a diferença na vida das pessoas. A ciência mostra que existem fortes ligações entre a felicidade e ajudar aos outros, pois ajudar aumenta os níveis de satisfação, de humor e reduz o estresse. Também cria uma conexão com outras pessoas e atende a uma necessidade humana de se relacionar. Além disso, quando vemos um ato de gentileza nos impulsiona a retribuir o gesto, mesmo que seja com outra pessoa. E todos podem fazer o bem conjugando verbos como sorrir, ajudar, ensinar, aprender, respeitar, ouvir, falar, agradecer, perdoar e amar. Quando estamos felizes naturalmente somos motivados em querer fazer todos felizes também. Gente feliz, faz o bem!

Ter felicidade: desfrutar do sentimento de bem-estar, de paz, de euforia, de relaxamento, de realização, de conquista ou qualquer outra classificação que queira dar. Quando tiver, aproveite, comemore, compartilhe e agradeça. Pois ela não é permanente, ela é esporádica. E quanto mais vezes você sentir, ainda que por pouco tempo, mais ficará atento para sentir a felicidade novamente, não como um momento, mas como um estilo de vida de satisfação.

Se tiver alguma dificuldade para desenvolver o seu autoconhecimento recomendo que procure participar de palestras, cursos, formações ou mesmo que procure profissionais especializados que possam lhe auxiliar a se conhecer melhor.

Desejo que você tenha sido feliz ontem, desejo que encontre a felicidade hoje e que amanhã seja muito mais feliz ainda.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email