Valorização do dólar faz cotação do petróleo cair em Nova York

Os preços do petróleo continuaram a cair na jornada de sexta-feira, 24, mesmo após a forte queda registrada no dia anterior, quando o barril WTI cedeu cerca de US$ 4 em Nova York.
Os negócios ainda estão sob influência do anúncio da AIE (Agência Internacional de Energia), de que vai utilizar reservas estratégicas para suprir o mercado. Além desse fator, preocupações com a economia da Europa minam a moeda do velho continente e ajudam a fortalecer o dólar, o que sempre afeta negativamente os preços das commodities.
Em Nova York (Nymex), o barril do tipo WTI, para entrega em agosto, recuou 0,85%, para US$ 90,24 na sexta-feira. Ao longo do pregão, o barril chegou ser cotado abaixo do patamar de US$ 90.
A AIE, que representa os interesses dos países consumidores, vai colocar no mercado 60 milhões de barris de petróleo no prazo de um mês, com o objetivo declarado de compensar a suspensão das exportações líbias.
Na quinta-feira, 23, à noite, a Grécia solicitou à União Europeia e ao FMI (Fundo Monetário Internacional) um novo pacote de auxílio financeiro, após os 110 bilhões de euros acordados no ano passado. A notícia foi bem recebida pela comunidade financeira, mas não encerra as incertezas sobre a implementação das medidas de austeridade fiscal, exigidas pelos organismos internacionais, e que ainda precisam passar pelo crivo do parlamento grego.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email