Uva lidera pedidos de subvenções

Os produtores de uva comum para mesa foram os que mais demandaram da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo subvenções ao prêmio do seguro no ciclo agrícola 2006/2007. Foram 834, seguidas por 358 da cultura de soja e 136 do caqui, para um total aproximado de 1.500 no período. Desde o início do projeto, na safra 2003/2004, as subvenções já somam quase 3.300, com valor superior a R$ 3,5 milhões.
As regiões dos EDRs (Escritórios de Desenvolvimento Rural) da Secretaria em Campinas, Assis e Itapetininga foram as que mais atenderam solicitações no período, a primeira e a terceira com vocação para a produção de frutas e, Assis, devido à grande quantidade de grãos.
O Estado desenvolve o projeto de subvenção ao prêmio desde a safra 2003/2004, quando foi realizado um projeto-piloto com recursos do Feap (Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista), órgão da Secretaria.
Apesar de os números ainda serem tímidos, eles são crescentes, resultado do trabalho da secretaria de mostrar que a subvenção barateia o preço do seguro, ajuda a proteger a lavoura e evitar perdas. O produtor paga o seguro e recebe do governo do Estado 50% do valor. Todos os agricultores com renda bruta anual de até R$ 400 mil podem se beneficiar. Há R$ 24 milhões disponíveis em recursos.
Para o ciclo em curso, estão sendo contempladas as seguintes culturas: algodão, amendoim das águas, amendoim da seca, arroz irrigado, café, feijão das águas, feijão da seca, feijão de inverno irrigado, milho, milho safrinha, soja, sorgo granifero da seca, trigo, ameixa, caqui, figo, goiaba para indústria, goiaba para mesa, laranja, maçã, morango, nectarina, pêssego para mesa, uva comum de mesa, uva fina de mesa, uva para indústria, alface, berinjela, pepino, pimentão, repolho, tomate para indústria e tomate envarado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email