Usuários avaliam cartões de crédito e demonstram suas preferências

Uma pesquisa conduzida pelo Instituto Medida Certa, encomendada pela Cardmonitor e divulgada no C4 (Congresso de Cartões de Crédito ao Consumidor), mostra a preferência dos usuários de cartões de crédito em dez regiões metropolitanas do Brasil. Uma das conclusões é que os plásticos bancários e de lojas têm avaliações distintas distribuídas pelo país.
Ao todo foram analisados 4,5 mil cartões de crédito nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador, Manaus, Distrito Federal, Porto Alegre e Curitiba.
 No sudeste, por exemplo, os cartões bancários do Banco do Brasil são os mais ‘queridos’ pelos usuários, com 78,2% da preferência sobre a base local de possuidores do cartão e de pelo menos algum outro. A seguir, aparecem os cartões do Unibanco, com 62,9%; Bradesco (62,6%); Itaú (62,0%); Real (61,4%); Citbank (59,6%); e CEF (56,1%). No caso dos cartões de loja (emitidos pelos varejistas com ou sem bandeira), os plásticos da C&A foram apontados como os mais ‘queridos’ por 10,2%; seguidos por Renner (9,0%) e Wal-Mart (2,6%).
No entanto, quando transportamos a análise para a região Nordeste, – por exemplo, os cartões da Caixa Econômica Federal são os mais ‘queridos’, apontados por 55,6% dos usuários. Também o Bradesco ganha destaque na região, com 47,8% da preferência entre os cartões bancários. No caso dos private labels, os plásticos do Wal-Mart lideram, com 38,6% das respostas. No Sul, entre os cartões de loja, o da Renner lidera a preferência, com 9,3%.
 Ivan Daibert, diretor do Instituto Medida Certa, diz que os plásticos (bancários e de lojas) foram avaliados em 12 itens pelos possuidores: taxas de juros conveniente; atendimento rápido e atencioso; extrato claro e completo; proteção em caso de perda e roubo; incentivo ao uso (pontos, sorteios, milhas); fatura e boletos entregues com antecedência; valor da anuidade; e facilidade e rapidez para obter o cartão. A ponderação de todos eles totalizou um índice médio geral de satisfação de 8,19 para os cartões bancários (notas de 0 a 10) e de 7,67 para os private label.
Outra constatação do levantamento, realizado junto a possuidores de cartões de crédito das classes A, B e C, é que a maioria deles (35%) possui mais de dois cartões de crédito em uso; 33% possuem 2; e 32% possuem um.
A pesquisa considerou somente cartões ativos nos últimos três meses. No total foram 2,1 mil entrevistas, com alcance social de 31% da população do país e econômico de 46% do PIB brasileiro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email