UPS completa 20 anos de serviço na América Latina atendendo 50 países

Vinte anos após entregar seu primeiro pacote na América Latina e Caribe, a UPS está celebrando duas décadas de serviços de logística e transporte para empresas de diversos tamanhos em toda a região. Hoje em dia, a UPS atende mais de 50 países e territórios na área, o que contribui na entrega de mais de 15,5 milhões de pacotes e documentos por dia em todo o mundo. “O que começou há 20 anos com alguns motoristas da UPS entregando uma porção de pacotes é agora uma das operações líderes na região”, disse o presidente da UPS Américas, Stephen Flowers. “Vimos um potencial surpreendente na América Latina e começamos a entregar pequenas remessas com um plano de crescimento. Hoje, esse plano não apenas oferece aos clientes um portfólio líder de serviços para suas demandas de logística e transporte, mas também a conexão de negócios daqui para todo o mercado global”, destacou.
Como as economias por toda a América Latina cresceram nos últimos 20 anos, também a rede da UPS e seu leque de serviços se ampliaram lado a lado. Desde o início das operações em alguns mercados em 1989, a UPS atualmente se orgulha de ter uma das redes mais extensas da região, desenvolvida com o apoio de mais de 5,5 mil funcionários, 350 centros de operações e pontos de atendimento ao cliente e uma frota de mais de mil veículos. Além disso, o portfólio de serviços exclusivos da UPS se expandiu nos últimos anos, oferecendo atualmente muito mais do que entregas padrões de remessas, passando pelo gerenciamento da cadeia de suprimentos, logística reversa, distribuição de carga, armazenagem e liberação alfandegária, bem como apoio financeiro da UPS Capital, o braço financeiro da companhia que fornece crédito a empresas que desejam importar equipamentos dos Estados Unidos. Cada serviço fornece para uma área específica da cadeia de suprimentos, a qual tem muitas partes em movimento, resultando em uma solução compreensiva da UPS para trazê-las todas de uma vez só.
O crescimento da UPS na região também representou uma contribuição considerável para as economias das comunidades que atendem por meio da geração de empregos, doações a entidades carentes e programa de voluntariado. Desde o início das operações na América Latina, a UPS contribuiu com horas voluntárias e suporte financeiro para organizações dedicadas em direcionar assuntos comunitários como alfabetização, combate a fome e sustentabilidade ambiental. “Nossa história é muito interessante. O Brasil foi um dos primeiros países da América do Sul onde a UPS iniciou suas operações e após 20 anos nossos serviços apoiam negócios por todo o país tanto com serviço doméstico como atendendo a demanda de envio de remessas globais”, disse o presidente da UPS Brasil, Nadir Moreno.
A UPS começou a operar voos do Brasil em 1998. Estes voos estão conectados a uma rede de quase 500 aeroportos no mundo todo. Atualmente, com 600 funcionários, a companhia atua em 14 aeroportos e 12 portos no país, que estão ligados a mais de 20 centros operacionais .

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email