14 de abril de 2021

United e Continental anunciam fusão para criar empresa

A empresa holding da nova instituição se chamará Continental Holdings, e o nome da empresa aérea será United Airlines, os aviões usarão o desenho, o logo tipo e as cores da Continental

A Continental e a United anunciaram ontem que chegaram a um acordo definitivo para sua fusão, criando a empresa aérea líder do mundo, com um serviço superior aos clientes, acesso mais amplo a uma rede global sem paralelos servindo 370 destinos em todas as partes do mundo, oportunidades de carreira a longo prazo mais amplas para seus funcionários e uma plataforma para melhor lucratividade e valor sustentável a longo prazo para seus acionistas.
Glenn Tilton, presidente do Conselho, presidente e CEO da UAL Corporation, será o presidente não executivo do Conselho de Direção da empresa combinada até 31 de dezembro de 2012 ou o segundo aniversário do encerramento, o que ocorrer mais tarde. Jeff Smisek, presidente do Conselho, presidente e CEO da Continental, será o CEO e terá uma cadeira no Conselho de Direção. Ele também passará a ser presidente executivo do Conselho quando Tilton deixar de ser o presidente não executivo do Conselho.
A empresa holding da nova instituição se chamará United Continental Holdings, Inc., e o nome da empresa aérea será United Airlines. A marca de marketing será uma combinação das marcas das duas empresas. Os aviões usarão o desenho, o logotipo e as cores da Continental e o nome da United. O slogan da campanha do anúncio será “Let1s Fly Together” (Vamos Voar Juntos). A sede corporativa e operacional da nova empresa será em Chicago e ela manterá uma presença significativa em Houston, que será o maior centro de conexões da empresa combinada. O CEO terá gabinetes em Chicago e em Houston.
A combinação da United com a Continental une as redes mais complementares das empresas aéreas norte-americanas, com uma quantidade mínima de rotas operadas simultaneamente pelas duas empresas. A empresa combinada oferecerá serviços mais amplos para Ásia, Europa, América Latina, África e Oriente Médio, a partir de centros de conexões bem situados nas regiões da Costa Leste, Costa Oeste, Sul e Meio-Oeste dos Estados Unidos.
Numa base pró-forma, a empresa combinada terá um faturamento de aproximadamente US$ 29 bilhões por ano, com base nos resultados financeiros de 2009, e um saldo de caixa sem restrições de cerca de US$ 7,4 bilhões com base nos dados do fim do primeiro trimestre de 2010, incluindo uma transação financeira da United.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email